Inglaterra vence Austrália e fará final da Copa feminina contra Espanha

Inglaterra vence Austrália e fará final da Copa feminina contra Espanha

Com a vitória por 3 a 1, as europeias chegam pela primeira vez na decisão do Mundial

AFP

publicidade

A Inglaterra venceu a Austrália por 3 a 1 nesta quarta-feira (16) e chegou pela primeira vez à final da Copa do Mundo feminina, em que enfrentará a Espanha no próximo domingo.

A vitória das inglesas acabou com o sonho das anfitriãs de disputar a decisão do Mundial, após uma campanha que as levou às semifinais pela primeira vez na história.

A seleção espanhola selou sua classificação na terça-feira, batendo a Suécia por 2 a 1, o que coloca frente a frente dois países que nunca disputaram a final do torneio.

Apoiadas por quase 80 mil torcedores, as 'Matildas' tiveram como titular nesta semifinal sua capitã e artilheira, Sam Kerr, que tinha jogado pouco até aqui no Mundial devido a uma lesão na panturrilha.

A Inglaterra abriu o placar aos 36 minutos com Ella Toone batendo cruzado, até que Kerr deixou tudo igual no segundo tempo (63') em um belo chute de fora da área, levando à loucura os torcedores que lotaram o Estádio Olímpico de Sydney.

Mas Lauren Hemp (71') aproveitou um descuido da defesa australiana para fazer o segundo do time inglês e Alessia Russo (86') fez o terceiro nos minutos finais para jogar um balde de água fria na torcida australiana.

Ao longo do dia, as ruas de Sydney permaneceram lotadas de torcedores com camisas da seleção, mas as 'Leoas' da Inglaterra, atuais campeãs europeias, não se intimidaram e não deram espaço para Kerr, que conhecem bem por jogar no Chelsea.

Sem contar com Lauren James, sua principal jogadora de ataque e que foi suspensa por dois jogos após a expulsão contra a Nigéria nas oitavas de final, as inglesas contaram com Keira Walsh para ditar o ritmo da equipe no meio-campo, que teve um certo domínio no primeiro tempo.

O gol da Inglaterra calou a torcida australiana, que foi retomando o ânimo com as jogadas da habilidosa Mary Fowler, outra que sofreu com a forte marcação.

As 'Matildas' ficaram mais com a bola no segundo tempo, mas encontraram dificuldades para criar chances de gol.

Mais efetiva, a Inglaterra chutou mais vezes no gol da goleira Mackenzie Arnold e conseguiu abrir dois de vantagem, decretando a despedida da Austrália após uma campanha histórica.


Mais Lidas

Confira a programação de esportes na TV desta terça-feira, 23 de abril

Opções incluem eventos de futebol e outras modalidades esportivas em canais abertos e por assinatura



Placar CP desta terça-feira, 23 de abril: confira jogos e resultados das principais competições de futebol

Acompanhe a atualização das competições estaduais, regionais, nacionais, continentais e internacionais

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895