Federer doa um milhão de dólares para famílias mais pobres da Suíça enfrentarem Covid-19
capa

Federer doa um milhão de dólares para famílias mais pobres da Suíça enfrentarem Covid-19

"Devemos ajudar as famílias carentes com rapidez e sem burocracia", defendeu o tenista, ex-número 1 do mundo

Por
AFP e Correio do Povo

publicidade

Campeão de vinte Grand Slams, o tenista suíço Roger Federer anunciou nesta quarta-feira a doação de um milhão de francos suíços (um milhão de dólares) para as famílias pobres de seu país, as mais vulneráveis às consequências da pandemia do coronavírus. "Devemos ajudar as famílias carentes com rapidez e sem burocracia. Vivemos um momento difícil para todos nós e ninguém deve ser deixado de lado. Mirka (sua esposa) e eu decidimos fazer uma doação pessoal de um milhão de francos suíços para as famílias mais desfavorecidas da Suíça", anunciou em seu Instagram, em mensagem escrita em francês, alemão e inglês.

"O fundo é administrado por “Winterhilfe”, um parceiro confiável de nossa fundação e altamente experiente para apoiar pessoas vulneráveis por décadas. A partir de amanhã, 26 de março, o “Fundo para famílias carentes” estará funcional e pronto para fazer contribuições, como cupons para serviços de alimentação e cuidados infantis e, quando necessário. Nossa contribuição é apenas um início. Esperamos que outros se juntem para ajudar ainda mais as famílias em necessidades. Juntos podemos superar esta crise! Continuem com boa saúde!", concluiu o ex-número 1 da ATP e um do atletas mais bem pagos do mundo, com receita de 93,4 milhões de dólares em 2019, segundo a Forbes.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

We must help families in need quickly and unbureaucratically. Mirka and I have donated to a newly established emergency assistance fund for families in Switzerland. The fund is managed by “Winterhilfe”, a trusted partner of our foundation and highly experienced to support vulnerable people for decades. From tomorrow March 26, the “Fund for families in need“ will be functional and ready to make contributions such as vouchers for food and child care services and where necessary. Check out the link in my bio for information. Wir müssen Familien in einer Notlage schnell und unbürokratisch helfen. Mirka und ich unterstützen einen neu eingerichteten “Fonds für Familien in Not“ in der Schweiz. Der Fonds wird vom Verein Winterhilfe verwaltet, einem vertrauenswürdigen Partner unserer Stiftung und seit Jahrzehnten erfahren in der Unterstützung bedürftiger Menschen. Ab morgen, dem 26. März, ist dieser bereit, Beiträge zu leisten, wie zum Beispiel Gutscheine für Lebensmittel oder Kinderbetreuung. Weitere Informationen findet Ihr im Profil Link. Nous devons aider les familles en cas de détresse rapidement et d’une manière non-bureaucratique. Mirka et moi soutenons un nouveau fonds d'aide d'urgence aux familles en Suisse. Le fonds est géré par l’organisation Secours d’Hiver, partenaire de confiance de notre fondation et expérimenté dans le soutien aux personnes touchées par la précarité depuis des décennies. À partir de demain, le 26 mars, le fonds pour les familles dans le besoin est prêt à apporter des contributions, telles que des bons d'alimentation ou de garde d'enfants. Pour plus d’informations > aller sur bio.

A post shared by Roger Federer (@rogerfederer) on

Em nota, a institução agradeceu o apoio. "Devido à crise do coronavírus, muitas pessoas na Suíça também correm um risco agudo sem sua própria emergência financeira. Novos subsídios do governo estão sendo lançados, agências governamentais (por exemplo, seguridade social, assistência social econômica) estão atualmente recebendo muitas aplicações. Até que esse suporte entre em vigor, os afetados diretamente dependem, algumas vezes, de uma ponte de emergência", disse em nota.

"Graças a uma doação generosa de Roger e Mirka Federer, Winterhilfe agora pode dar cupons de compras para famílias com crianças de 0 a 18 anos de uma vez, assumir os custos de cuidados infantis de emergência ou fornecer apoio adicional. Esta ajuda visa trabalhar famílias pobres que estão sofrendo perda existencial de renda como resultado da situação atual com o coronavírus", completou o texto.

A pandemia do coronavírus provocou o contágio de cerca de nove mil pessoas na Suíça, com um balanço até o momento de 86 mortes, segundo a agência de saúde do país.