Chapecó sobre a convocação: "Nunca imaginei que ia ser logo no meu primeiro ano"

Chapecó sobre a convocação: "Nunca imaginei que ia ser logo no meu primeiro ano"

O goleiro desfalca o Grêmio nos jogos contra o Fluminense, América-MG e Bragantino

Correio do Povo

Atualmente, Chapecó é o reserva de Brenno no elenco

publicidade

Uma das surpresas na lista de convocados do técnico Tite para as Eliminatórias, o agora goleiro da Seleção Brasileira, Gabriel Chapecó foi a figura da vez na coletiva do Grêmio após o treino realizado na manhã desta sexta-feira, no CT Luiz Carvalho. "Sempre foi um sonho. Nunca imaginei que ia ser logo no primeiro ano. Agradeço a todos pelo apoio", disse o arqueiro gremista.

Ao longo da temporada, Chapecó e Brenno revezaram na titularidade. Quando o segundo foi para a Seleção Olímpica, o primeiro permaneceu na meta gremista até poucas rodadas atrás. Pouco antes da saída de Felipão, Brenno voltou a ser o dono da meta gremista.

Veja Também

"A gente sempre torce um pelo outro, assim como fiquei feliz pelo Brenno quando ele foi para as Olimpíadas e voltou campeão, o Brenno ficou feliz por mim agora. O Brenno é como irmão para mim", reforçou Chapecó, que também comentou sobre a conversa com Felipão, quando deixou de ser titular: "Foi normal. Ele fez a escolha dele. Nos dois (Chapecó e Brenno) estávamos em um bom momento e foi a opção dele", explicou.

Sobre o atual momento do Tricolor – o Grêmio é o 19° colocado, com 26 pontos – Chapecó acredita na retomada da equipe. "Vou estar focado no Grêmio e, quando estiver na Seleção, vou aproveitar essa oportunidade", disse. "A questão dos altos e baixos sempre vão existir no futebol. Mas tenho a convicção que vamos sair dessa", completou.

O goleiro desfalca o Grêmio nos jogos contra o Fluminense no dia 9, contra o América-MG no dia 13 e contra o Bragantino no dia 16.

Com a palavra, o professor Tite

Sobre a convocação de Chapecó, Tite explicou, na coletiva, que a comissão técnica conversou com o Grêmio, balizando o fato de o atleta não ser, atualmente, o titular do clube. "Nós não queremos prejudicar os atletas e trouxemos um jogador que não está titular agora, mas que tem 23 jogos como titular. Mas que tem, nas categorias de base e na seleção olímpica, todo um histórico que o credencia a estar", disse. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895