Empate freia ascensão do Grêmio, denuncia má campanha fora de casa e aponta para mudança de esquema

Empate freia ascensão do Grêmio, denuncia má campanha fora de casa e aponta para mudança de esquema

Tricolor empatou em seis oportunidades em oito jogos disputados no Brasileirão Série B

Correio do Povo

Diego Souza não conseguiu marcar no duelo contra o CSA

publicidade

Um novo empate, desta vez em 1 a 1 com o CSA, impediu o Grêmio de deslanchar no Brasileirão Série B. O resultado, celebrado pelo técnico Roger Machado e pelo vice-de futebol Denis Abrahão, evidenciou a má campanha do Tricolor fora de casa, que agora soma seis empates em oito jogos, sendo quatro sem gols. Além disso, o placar ainda colocou em risco a posição gremista no G4. A equipe agora precisa torcer por resultados paralelos para permanecer no pelotão de cima do campeonato.

O desempenho ruim no Rei Pelé apontou ainda para a possibilidade uma nova mudança de esquema na equipe, que tem atuado no 3-4-3 e agora pode voltar a ter um meia mais centralizado. A mudança não apenas agradou o comandante gremista, mas também foi sugerida pelo comentarista da Rádio Guaíba Gutiéri Sanchez. 

"A gente precisa dizer uma coisa em relação ao Grêmio. Não é porque deu uma estancada com três zagueiros que tem que morrer abraçado neste esquema. O Roger pode e deve pensar um pouco melhor sobre isso. Será que o Grêmio é tão pior do que os outros que precisa montar uma formação tão retraída? O CSA, por exemplo, não joga com três defensores. O Grêmio jogou com dois volantes, sem a participação do Bitello. O Lucas Silva correu para todos os lados, mas não tinha companhia. E os zagueiros ficaram inúteis taticamente", argumentou Sanchez. 

Veja Também

Ao falar da possibilidade de usar um esquema tático com um meia centralizado, Roger também comentou que a escolha depende da chegada de um articulador, de um atleta que pense mais o jogo. O escolhi da noite passada foi Campaz, elogiado pelo treinador. "Eu gostei da equipe com este meia mais centralizado. O Campaz foi bem nesta função, até porque é o atleta que mais se assemelha ao que nós queremos. Pensamos em um jogador que a pare a jogada, espere os laterais passarem e que também por vezes acelere quando necessário", disse. 

Sanchez afirmou que o Grêmio precisa se "agarrar" ao G4 até a janela de transferência de 18 de julho. "Acho que esta é a tábua de salvação do Grêmio, que tem muita coisa para melhorar. A equipe precisa chegar viva na janela para poder crescer. Só aí pode chegar um salvamento porque hoje o time vive uma tempestade na Série B. Nenhuma atuação do Grêmio foi boa e lá se vão 14 rodadas do campeonato", acrescentou. 

Grêmio fora de casa na Série B 

CSA 1 x 1 Grêmio      
Sport  0 x 0 Grêmio        
Vasco  0 x 0 Grêmio 
Vila Nova 0 x 0 Grêmio        
Ituano 1 x 1 Grêmio 
Cruzeiro 1 x 0 Grêmio        
Operário-PR 0 x 1 Grêmio        
Ponte Preta 0 x 0 Grêmio 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895