Felipão “tira o peso” do Gre-Nal e fala em recuperar o psicológico dos jogadores do Grêmio

Felipão “tira o peso” do Gre-Nal e fala em recuperar o psicológico dos jogadores do Grêmio

Técnico destacou que precisará aguardar até amanhã para montar equipe “ideal” para o clássico

Correio do Povo

Felipão tirou o peso do Gre-Nal lembrando que todos os jogos no Brasileirão valem três pontos

publicidade

O técnico Luiz Felipe Scolari destacou na sua entrevista coletiva de apresentação que trabalhará com todos no Grêmio para superar o momento difícil que o time enfrenta no Brasileirão, porém, sem deixar de lado a Copa do Brasil e a Sul-Americana. Como realizou apenas um treino antes do Gre-Nal deste sábado, o foco imediato é tentar melhorar o psicológico dos jogadores para iniciar a recuperação a partir do jogo contra o Inter.

“Eu não posso dizer detalhadamente como vamos fazer para tirar o Grêmio desta dificuldade momentânea. Posso dizer que nós temos que trabalhar. Os atletas serão mais empenhados no trabalho para superar as dificuldades. Vamos discutir com os atletas e colocar em campo para superar esse momento no Brasileirão. Não é em uma vitória que vai mudar tudo. Temos que mudar com calma, mas temos que mudar em alguns aspectos para amanhã”, declarou.

Com o compromisso importante contra o tradicional adversário, e com pouco tempo para treinar, Felipão evitou falar sobre as mudanças que pretende fazer, até para não dar armas para o Inter. “Não posso falar sobre a mudança de peças. Até porque tenho uma ou outra situação de lesão que preciso saber se vou poder usar determinado sistema (de jogo) ou mudar”, destacou.

O técnico fez questão de tirar o peso do confronto, mas destacou que todos os pontos conquistados são importantes. "Uma vitória pode dar uma moral diferente, mas são os mesmos três pontos dos outros. Precisamos saber que jogaremos sempre por três pontos. Claro, o Gre-Nal é importante, tanto que damos uma ênfase especial, mas não podemos esquecer que são os mesmo três pontos de outras partidas. Todos os jogos são muito importantes nesta fase que estamos no campeonato e precisamos ter os pontos para ficarmos mais tranquilo no futuro", afirmou.

Entretanto, o treinador de 72 anos fez questão de destacar a mudança que é mais urgente no Grêmio. “O que temos que fazer e fizemos na manhã de hoje é a mudança de pensamento. Da parte psicológica. O entendimento que somos um grupo;. Para que todo mundo fique pronto para uma partida de futebol e para que todos possam responder dentro daquilo que sabemos que podemos render. Com um dia de treinamento, é o que é possível fazer. Aos poucos, vamos montar a equipe ideal para conseguir tudo o que os torcedores, jogadores e nós queremos”, ressaltou.

Felipão destacou que o grupo do Grêmio tem qualidade para render muito mais do que está rendendo no Brasileirão. Lembrou dos títulos recentes, mas pediu paciência para que os resultados venham a partir do trabalho que iniciou nesta sexta-feira.

"Temos o problema psicológico, por não conseguir os resultados, mas não podemos esquecer que há poucos meses esse grupo foi campeão gaúcho. Foi campeão de uma série de campeonatos com as comissões técnicas anteriores e tem qualidade. O torcedor não pode pensar que hoje está tudo solucionado. Os maiores resultados virão do trabalho que faremos daqui para a frente. Tanto mental, quanto a parte técnica. Uma série de detalhes que farão conseguirmos os resultados, de uma forma gradativa", destacou.

O Grêmio enfrenta o Inter no sábado, às 16h30min, na Arena. O Tricolor têm dois pontos em oito jogos disputados no Brasileirão.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895