Grêmio confirma a contratação de Celso Roth como técnico

Grêmio confirma a contratação de Celso Roth como técnico

Técnico foi anunciado nesta tarde pelo Twitter

Correio do Povo

Grêmio confirma a contratação de Celso Roth

publicidade

Todo o torcedor da dupla Gre-Nal sabe que mais cedo ou mais tarde Celso Roth comandará o seu time. Desta vez, o período afastado dos estádios do Rio Grande do Sul foi breve. Quatro meses depois de deixar o Inter – clube pelo qual conquistou a Copa Libertadores de 2010 –, o treinador volta ao cenário esportivo gaúcho para comandar o Grêmio. O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira pelo Twitter do Grêmio. Apresentação oficial será nesta tarde.

Celso Roth terá ao seu lado o auxiliar Beto Ferreira. O novo preparador físico, Paulo Paixão, que já havia sido anunciado oficialmente, também será apresentado. Após o anúncio, os novos contratados trabalham no gramado suplementar visando o Palmeiras.

Roth substituirá Julinho Camargo, ex-auxiliar de Paulo Roberto Falcão, que ficou apenas 32 dias no cargo. Nesse período, o Grêmio venceu um jogo – contra o Coritiba – perdeu dois e empatou outros três. A missão de Roth agora é acabar com essa sequência de maus resultados, que deixa o clube muito perto da zona do rebaixamento.

Apesar da fama de trabalhador e arrumador de casa, o novo treinador do Grêmio está longe de ser unanimidade – tanto entre os gremistas quanto entre os colorados. O grito “Fica, Celso Roth” já foi entoado tanto no Olímpico quanto no Beira-Rio de maneira irônica por vermelhos e azuis.

Grêmio foi vice com Roth em 2008

A última passagem de Roth pelo estádio Olímpico foi em 2008. Depois de um começo ruim – em menos de uma semana o Grêmio foi eliminado da Copa do Brasil e do Gauchão – o treinador arrumou a casa e fez uma campanha arrebatadora no Campeonato Brasileiro. A torcida, que antes odiava Roth, passou a aceitá-lo e, posteriormente, apoiá-lo.

No final do ano, o time perdeu fôlego e acabou perdendo o título do Campeonato Brasileiro para o São Paulo. O vice-campeonato, somado ao fato de ter conseguido o melhor aproveitamento na história dos campeonatos brasileiros pelo Grêmio, foi o bastante para que Roth renovasse o contrato.

Em 2009, Roth entrou em rota de colisão com a direção gremista durante a disputa da Copa Libertadores e do Gauchão. Ele reclamava que internamente o discurso de Duda Kroeff era pelo foco na competição continental, mas na imprensa o cobravam pelos resultados ruins no Estadual. Entre as derrocadas no Gauchão, estão as derrotas consecutivas para o Inter. Em 5 de abril daquele ano, Roth foi demitido após mais um fracasso em Gre-Nais.

Depois disso, o treinador assumiu o Atlético-MG, que – assim como o Grêmio de 2008 – começou o Brasileirão de forma arrasadora. O galo mineiro ficou na ponta da tabela durante oito rodadas, mas caiu de produção ao longo da disputa e acabou fechando o nacional na sétima posição. Em dezembro, Roth foi demitido do Atlético-MG por telefone.

No ano passado, o treinador assumiu o Inter classificado às semifinais da Libertadores. Após eliminar São Paulo e Chivas, o Colorado chegou ao bi da América e levou Roth ao maior título da carreira. A lua-de-mel com a torcida terminou em dezembro, quando o Inter foi eliminado pelo Mazembe na semifinal do Mundial de Clubes. Apesar do fiasco em Abu Dhabi, Roth teve o contrato renovado com o Colorado para 2011, mas não resistiu a derrota para o Jaguares, do México, na fase de grupos da Libertadores.

Bookmark and Share

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895