Grêmio deve preservar titulares contra o Goiás pensando na decisão diante do Santos

Grêmio deve preservar titulares contra o Goiás pensando na decisão diante do Santos

Tricolor está divido entre três competições em um calendário apertado

Rafael Peruzzo

Churín deve receber nova chance no time

publicidade

Por mais que precise preparar o time para enfrentar o Goiás, neste sábado, pelo Brasileirão, dificilmente Renato Portaluppi deixará de pensar nas quartas de final da Libertadores da América. Mais especificamente no que não deu certo para o Grêmio no empate com o Santos na quarta-feira e que precisa ser revertido no duelo de volta, dia 16, na Vila Belmiro. O time deixou de executar aquelas que vinham se constituindo em suas principais virtudes em jogos recentes. 

A atenção com a partida na Vila pode fazer com que Renato deixe muitos de seus titulares em Porto Alegre treinando no final de semana no CT Luiz Carvalho para a decisão, enquanto uma equipe alternativa joga pelo campeonato nacional.

O Grêmio acredita que o jogo de volta terá outra característica. Jogando em casa, o Santos tem por costume atuar de forma mais ofensiva. A estratégia gremista também passa pelo retorno do meia Jean Pyerre. A ausência do camisa 10 causou uma enorme deficiência no setor de criação do time.

Veja Também

“O Grêmio não é dependente do Jean Pyerre, não depende de um único jogador. Claro que o Jean é importante, mas em outros jogos ele não atuou e o Grêmio foi bem também. É um jogador que faz falta, mas não foi por isso que o time não teve uma grande atuação”, argumentou Renato após a partida de quarta-feira. O atleta sentiu um problema ainda no duelo com o Guaraní, na Arena, e ficou fora dos jogos contra Vasco e Santos. Nos últimos dias o meia tem feito trabalhos de reforço muscular na academia e hoje deve voltar aos treinamentos normais com o restante do grupo, já que não teve constatada nenhuma lesão. 

O time para encarar o Goiás estará bem descaracterizado, mas com jogadores que costumam aparecer na equipe titular, como os laterais Orejuela e Cortez e o volante Lucas Silva. Outro que deve iniciar a partida em Goiânia é o centroavante argentino Diego Churín. O Grêmio precisa vencer para diminuir a vantagem em relação ao líder do Brasileirão. Com a vitória sobre o Botafogo, o  São Paulo abriu dez pontos de vantagem

 

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895