Grêmio faz gols no primeiro tempo e vence Ceará em Caxias do Sul
capa

Grêmio faz gols no primeiro tempo e vence Ceará em Caxias do Sul

Jogando no Centenário por conta do show da banda Iron Maiden na Arena, Tricolor aplica 2 a 1 e entra de vez na briga pelo G6

Por
Correio do Povo

Grêmio venceu com gols marcados por Geromel e Maicon

publicidade

Foram necessários apenas 45 minutos para dar números finais à partida em Caxias do Sul na noite desta quarta-feira. Jogando no Centenário por conta do show da banda Iron Maiden na Arena, o Tricolor bateu o Ceará por 2 a 1 em primeiro tempo bastante movimentado. E, com o resultado, entra de vez na briga pelo G6.

Os gols foram marcados todos na etapa inicial. Geromel, de cabeça, abriu o placar. Após pênalti sofrido por Diego Tardelli, Maicon cobrou e ampliou. Quem descontou para o Ceará foi Fabinho.

Com o resultado, o Grêmio chega a 38 pontos, e se iguala ao Inter, primeira equipe dentro do G6 pelos critérios. O próximo compromisso do Tricolor pelo Brasileirão é diante do Atlético-MG, no domingo, às 19h, na Arena Independência, em jogo válido pela 25ª rodada do Brasileirão.

Grêmio abre 2 a 0, mas sofre gol no fim do primeiro tempo

O técnico Renato Portaluppi não tinha algumas peças para o confronto. Convocados para a seleção argentina, Kannemann era um dos desfalques. Já o meia Matheus Henrique e o atacante Everton estavam a serviço do técnico Tite, com a seleção brasileira. Com a volta de Geromel, David Braz se manteve como titular. No meio, começaram o jogo Maicon e Michel, e Pepê, artilheiro no Centenário, iniciou no lugar do artilheiro da Copa América.

O Grêmio começou o jogo dentro das suas características. Manteve a posse de bola no campo do adversário, rodando a bola por todos os setores na frente da área adversária. Insistiu especialmente nas jogadas pelos lados, sem buscar infiltração pelo meio. Em um lance pela esquerda, Pepê alegou ter sido derrubado e os jogadores do Tricolor pediram pênalti, mas a árbitra Edina Alves Batista, orientada pelo VAR, nada marcou.

Na sequência, o Grêmio seguiu pressionando, e até chegou a empurrar a bola para as redes. Aos 18 minutos, em jogada pela direita, Tardelli fez cruzamento no segundo pau para Pepê. De cabeça, ele ajeitou para Luan, que estava próximo ao pé da trave esquerda do goleiro Diogo Silva. O atacante só complementou para o gol, mas lance foi anulado corretamente por conta da posição avançada do camisa 7 do Tricolor.

Depois, a equipe nordestina cresceu no jogo, e foi o Ceará quem criou as melhores chances da primeira etapa. Primeiro, em lance pela esquerda, João Lucas invadiu a área e bateu cruzado, de perna esquerda, obrigando Paulo Victor a fazer boa defesa. Na sequência, em finalização de Pedro Ken, a bola desviou e entrou, mas bandeira também flagrou posição irregular.

O Grêmio chegou ao gol inaugural na bola parada. Após cobrança de escanteio pelo lado esquerdo, Geromel subiu mais alto que a defesa do Ceará para fazer 1 a 0, aos 35 do primeiro tempo. Seis minutos depois, Tardelli invadiu a área, foi tocado e a árbitra marcou pênalti. Com categoria, Maicon ampliou para o Tricolor.

Quando o jogo se encaminhava para um resultado tranquilo na etapa inicial, o Ceará descontou e voltou para o jogo, em um gol que teve sequência de cruzamentos. Primeiro, Paulo Victor saiu errado na bola vinda da direita de ataque. Na sequência, ela sobrou na esquerda, e o novo cruzamento foi parar na cabeça de Fabinho, que descontou em 2 a 1 antes do intervalo.

Jogo cai de rendimento e placar permanece inalterado

Para tentar mudar o cenário, o técnico Adilson Batista promoveu duas trocas já no intervalo. Entraram Ricardinho e Juninho Quixadá, nos lugares de Mateus Gonçalves e Felippe Cardoso. No entanto, as trocas pouco surtiram efeito no quesito posse de bola. Foi o Grêmio quem ficou mais com ela, repetindo a tônica do primeiro tempo.

Foi o Grêmio quem criou a melhor chance no início da etapa final. E ela passou por um dos melhores jogadores em campo na noite desta quarta-feira. O capitão Maicon iniciou triangulação pela esquerda, recebeu próximo a linha de fundo, pisando na área, e escorou para Luan. A bola quicou um pouco antes, atrapalhando o atacante, que mandou por cima do gol.

No entanto, o ritmo do jogo caiu após os primeiros quinze minutos. O Grêmio se manteve com a posse da bola, mas não criou grandes chances. Buscando dar novo gás ao meio campo, Renato sacou Luan e lançou Thaciano em campo.

A partir dos 30 minutos, as duas equipes passaram a investir apenas nos contra-ataques. Com André em campo nos minutos finais, o Grêmio passou a explorar a velocidade e o desespero do Ceará. No entanto, não conseguiu ampliar, e a partida acabou mesmo em 2 a 1 para o Tricolor.

Campeonato Brasileiro - 24ª rodada

Grêmio 2

Paulo Victor; Leo Moura, Geromel, David Braz e Cortez; Michel, Maicon, Alisson, Pepê e Luan (Thaciano); Diego Tardelli (André). Técnico: Renato Portaluppi

Ceará 1

Diogo Silva; Samuel Xavier, Valdo, Tiago Alves e João Lucas; Fabinho, William Oliveira (Auremir), Pedro Ken, Mateus Gonçalves (Ricardinho) e Thiago Galhardo; Felippe Cardoso (Juninho Quixadá). Técnico: Adilson Batista

Gols: Geromel (35/1T), Maicon (41/1T) e Fabinho (44/1T)

Cartões amarelos: Valdo, William Oliveira e Pedro Ken (Ceará)

Árbitro: Edina Alves Batista (FIFA/SP)

Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)