Grêmio monitora Palmeiras na Libertadores por questão contratual com Renato

Grêmio monitora Palmeiras na Libertadores por questão contratual com Renato

Caso paulistas vençam a Libertadores, finalíssima da Copa do Brasil acontece em março, após o fim do vínculo do treinador

Correio do Povo / Rádio Guaíba

Contrato de Renato Portaluppi acaba em 28 de fevereiro

publicidade

O Grêmio monitora a situação do Palmeiras na Libertadores por conta da decisão da Copa do Brasil. As datas dependem do desempenho dos paulistas na competição e, em caso de título alviverde, o segundo jogo da final será em março, após o fim do vínculo contratual do técnico Renato Portaluppi. 

Isso porque o técnico Renato Portaluppi, durante a pandemia, teve seu contrato renovado apenas até o dia 28 de fevereiro, data prevista inicialmente para o encerramento da temporada do futebol brasileiro.  No entanto, uma eventual disputa do Palmeiras no Mundial de Clubes alteraria a data da final da Copa do Brasil para março (veja os possíveis cenários abaixo). 

O Grêmio ainda não discute a renovação do vínculo de Renato para a temporada 2021. No entanto, terá de decidir pela prorrogação por uma semana caso o Palmeiras vença a Libertadores. 

O Tricolor ainda não se manifestou sobre as eventuais datas. Irá aguardar a classificação ou não do Palmeiras para a final da Libertadores, na noite desta terça-feira, diante do River Plate, às 21h30min. No primeiro jogo, vitória dos paulistas por 3 a 0 na Argentina.

Os cenários possíveis para a final da Copa do Brasil 

Palmeiras eliminado para o River - finais em 3 e 10 de fevereiro

Palmeiras vice-campeão da Libertadores - finais em 11 e 17 de fevereiro 

Palmeiras campeão da Libertadores - finais em 28 de fevereiro e 7 de março


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895