Grêmio muda tom após ameaça de não jogar contra Flamengo em partida com torcida no Maracanã

Grêmio muda tom após ameaça de não jogar contra Flamengo em partida com torcida no Maracanã

Tricolor foi contra decisão do rubro-negro de vender ingressos para partida pela Copa do Brasil

Correio do Povo

Tricolor foi contra decisão do rubro-negro de vender ingressos para partida pela Copa do Brasil

publicidade

Depois de ter se manifestado fortemente contra a postura do Flamengo de receber no Maracanã torcida no jogo de quarta-feira, pela Copa do Brasil, o Grêmio mudou o tom e aparentemente não vai se recusar a entrar em campo em protesto. Partida, que inicia às 21h30, contará com até 35% das arquibancadas ocupadas. 

“Fizemos uma consulta formal à CBF, porque nosso entendimento é de que há uma quebra de isonomia, mas estamos nos preparando e vamos jogar”, disse o vice de futebol, Marcos Herrmann. “Se houver alguma novidade, é uma questão institucional que será avaliada pelo Conselho de Administração”.

Veja Também

Felipão, por sua vez, garantiu que seu time está focado no que acontece dentro das quatro linhas: “Isso no vestiário não entra. Vamos pensar em jogar futebol apenas”, afirmou. A escalação para quarta ainda é incerta, mas é possível que a maioria dos titulares esteja em campo até para manter ritmo de jogo, após a longa parada recente.

O treinador comemorou que os jogadores “melhoraram minimamente, uns 30%, na parte física”. Ele elogiou alguns atletas
que “podem render mais que as pessoas pensavam”, como Lucas Silva e até Éverton, que voltou a entrar depois de muito tempo.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895