Grêmio vence o Guarani e Diego Souza faz retorno magistral com três gols

Grêmio vence o Guarani e Diego Souza faz retorno magistral com três gols

Na batuta do artilheiro, Tricolor levou sustos, mas aplicou 3 a 1 e conquistou primeiros três pontos na Série B

Vítor Figueiró

Diego Souza voltou marcando gols na Arena

publicidade

Os primeiros três pontos e os primeiros três gols do Grêmio na Série B vieram graças ao centroavante Diego Souza. Com "hat trick" do artilheiro, o Tricolor venceu o Guarani por 3 a 1 na tarde desta quinta-feira no feriado de Tiradentes, na Arena, em jogo válido pela 3ª rodada da Série B. Com a vitória, o time de Roger Machado deixa a 17ª colocação e sobe para 3° na tabela - ainda que provisoriamente. Na próxima rodada, o adversário será o Operário, na quarta-feira, às 19h, em Ponta Grossa, no Paraná. 

A atuação, mesmo com sustos, foi de superioridade diante dos rivais. Com apenas 64 segundos em campo, voltando de lesão, Diego Souza inaugurou seu show particular em chute cruzado. Ele foi às redes novamente aos 40 minutos, ainda no primeiro tempo, e aos 14 da segunda etapa, quando sentenciou seu "hat trick". Aos 30, saiu ovacionado pelo torcedor, junto do lateral Nicolas, que também retornou bem e com duas assistências.

O Bugre chegou a empatar com o lateral Matheus Pereira e obrigar o goleiro Brenno a fazer boas defesas. No entanto, no geral, os comandados de Roger Machado controlaram e garantiram a primeira vitória gremista na segunda divisão. 

Diego Souza soluciona problema ofensivo

Depois de 180 minutos de jogos na Série B sem gols, o Grêmio, no retorno do centroavante Diego Souza, precisou apenas de 64 segundos para ver seu artilheiro justificar a fama de “amigo das redes”. Em rápido ataque, Biel, o escolhido para a vaga do lesionado Ferreira, rolou para o camisa 29 que bateu cruzado sem chances para o goleiro Kozlinski. 

O tento cedo fez o Tricolor se sentir senhor da partida nos primeiros minutos. Aos 14, o lateral Edilson, que começou como titular, precisou ser substituído pelo estreante Rodrigo Ferreira. No outro lado, o lateral Nicolas, voltando de lesão, teve dificuldades para segurar os ataques dos meias Bruno José e Giovanni Augusto. Conforme o cronômetro avançava, o time de Roger Machado se recolheu na defesa e viu o Bugre igualar o escore. Aos 25, Bruno José driblou Nicolas, foi no fundo e jogou na área. Rodrigo Andrade desviou, o goleiro Brenno fez linda defesa, mas no rebote o lateral Matheus Pereira empurrou para a meta vazia. 

O empate mudou a atmosfera na Arena. O torcedor, que antes apoiava desde o primeiro minuto, passou a protestar quando os meias Campaz e Lucas Silva erravam em lances simples. Os visitantes se animaram com o gol e viram espaços especialmente na esquerda da defesa gremista. Por um detalhe, a virada não chegou. Novamente com Bruno José, que passou sem problemas na marcação e rolou para o meio. O meia Júlio Cesar chegou finalizando e Brenno se atirou na finalização para uma grande defesa aos 33. 

Quando o ambiente e o resultado ruim ameaçavam ir para o vestiário e tornar a situação ainda pior, o tanque artilheiro apareceu novamente. Em bom lance, o volante Bitello recuperou a bola e encontrou Nicolas na lateral da área em passe longo. O defensor cruzou na medida e Diego Souza enfiou a cabeça com força na bola. O golpe saiu feito um chute no canto esquerdo, tirando qualquer chance de defesa do goleiro adversário e levando o Tricolor em vantagem para o intervalo. 

Hat-trick sentencia o triunfo tricolor

Roger promoveu mudanças no vestiário. O meia Campaz deixou o campo para a entrada do ponta Elias. Este entrou no corredor esquerdo, para auxiliar na marcação das jogadas ofensivas do Guarani pelo setor. Logo aos 2 minutos, perdeu uma chance incrível. Biel partiu para o contragolpe, deu meia-lua na marcação e saiu cara a cara com o goleiro com o atacante do lado. Ele rolou e o atacante chutou sem olhar, em cima do goleiro. Chance clara desperdiçada. 

A alteração deu ao Tricolor mais criatividade ofensiva. Em tabela de Bitello e Nicolas, quase veio o terceiro. O meia foi até o fundo e cruzou na área. O goleiro desviou e no rebote ninguém chegou para empurrar para o fundo das redes. A melhora na atuação rendeu frutos e de novo com ele. Em escanteio cobrado por Nicolas, o centroavante Diego Souza testou para o fundo do gol e deu mais tranquilidade. 

Aos 23 minutos, Roger promoveu a entrada de Janderson no lugar do competitivo Biel. A vantagem gremista fez o time administrar cedo o resultado. Os adversários começaram a assustar. Aos 29 minutos, o goleiro Brenno precisou novamente aparecer bem. Matheus Ferreira entrou livre e soltou um foguete defendido a queima roupa pelo arqueiro tricolor. Aos 31 minutos, o estádio ovacionou a saída de Diego Souza, que deixou o campo para Ricardinho entrar. Nicolas, que também voltou de lesão, foi trocado por Diogo Barbosa. 

Preparado para contragolpear, o Grêmio passou a assustar em saídas na velocidade. Ligado no jogo, o meia Bitello viu o goleiro bugrino evitar o quarto gol em chute de chapa já dentro da área. A partir dos 35 minutos, os paulistas se lançaram para o ataque e deram muitos espaços atrás. Janderson, Elias e Diogo Barbosa tiveram chances para o quarto gol, mas acabaram perdendo. No fim, o Tricolor viu o torcedor explodir em alegria, soltar o grito entalado na garganta e celebrar os primeiros três pontos na Arena. 

Brasileirão Série B - 3ª rodada

Grêmio 3

Brenno; Edílson (Rodrigo Ferreira), Geromel, Bruno Alves, Nicolas (Diogo Barbosa); Villasanti, Bitello, Lucas Silva; Campaz (Elias), Biel (Janderson) e Diego Souza (Ricardinho). Técnico: Roger Machado.

Guarani 1 

Maurício Kozlinski; Diogo Mateus (Lucas Ramon), João Victor, Derlan e Matheus Pereira; Leandro Vilela (Índio) e Rodrigo Andrade; Bruno José, Giovanni Augusto e Júlio César (Yago); Lucão do Break (Lucão). Técnico: Daniel Paulista.

Gols: Diego Souza (01min/1°T | 40min/1°T | 14min/2T°) Matheus Pereira (25min/1°T)
Cartões amarelos: Diego Souza, Ricardinho e Villasanti (Grêmio) Derlan, Leandro Vilela, Rodrigo Andrade e Giovanni Augusto (Guarani)
Arbitragem: André Luiz de Freias Castro (GO)
Auxiliares: Edson Antônio de Sousa e Hugo Xavier Correa (GO)
VAR: Rodrigo D'Alonso Ferreira (SC).
Público: 22.649 presentes. 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895