Início irregular no Brasileirão causa incômodo no Grêmio
capa

Início irregular no Brasileirão causa incômodo no Grêmio

Tricolor somou apenas dois pontos dos 12 disputados

Por
Rafael Peruzzo

Renato Portaluppi precisará fazer o time reagir no Brasileirão

publicidade

No discurso externo, dirigentes e comissão técnica passam uma mensagem de tranquilidade, mas o fato de o Grêmio ter conquistado apenas dois dos 12 pontos que disputou até agora no Campeonato Brasileiro causa incômodo. Não só pela campanha, mas também em função das atuações ruins da equipe na competição nacional. 

• Grêmio enfrenta o Libertad-PAR e Inter o Nacional-URU nas oitavas da Libertadores

Em três das quatro partidas realizadas até o momento, o técnico Renato Portaluppi escalou o time considerado titular. Na outra, uma equipe mista. Há 19 anos, o Tricolor não tinha um início tão ruim no Brasileirão. “Empatar fora é absolutamente normal. As derrotas em casa são inadministráveis. Temos que começar a vencer, não me assusta esse começo, podemos ficar apreensivos, mas não gera um ambiente de intranquilidade”, garantiu o presidente Romildo Bolzan Junior, em entrevista à Rádio Guaíba. 

A temporada gremista tem sido de altos e baixos. Ao contrário de anos anteriores, o time tem sido bastante irregular em 2019 e ainda não conseguiu engatar uma série de boas partidas. Na Libertadores da América, demorou a “entrar” na competição e só foi vencer na quarta rodada da fase de grupos. No Brasileiro não tem sido diferente. “Eu concordo com o Renato quando ele diz que o Grêmio ainda vai decolar no campeonato”, completa Bolzan. 

No domingo, o Tricolor enfrenta o Ceará, em Fortaleza, onde tentará vencer a primeira partida no Brasileirão. Renato terá uma semana cheia para treinar a equipe.