Léo Moura projeta jogos na Arena para garantir fase de grupos da Libertadores
capa

Léo Moura projeta jogos na Arena para garantir fase de grupos da Libertadores

Lateral disse que clube está vacinado contra estilo de jogo de Fernando Diniz

Por
Correio do Povo

Léo Moura pretende jogar mais um ano e quer permanecer no Grêmio

publicidade

O Grêmio tem dois jogos seguidos na Arena nas próximas rodadas do Brasileirão: neste domingo, às 19h, contra o São Paulo, e na próxima quinta, às 19h15min, contra o Cruzeiro. Em entrevista coletiva neste sábado, o lateral-direito Léo Moura projetou fazer o maior número de pontos possíveis nessas duas partidas para confirmar a vaga na fase de grupos da Libertadores 2020. O Tricolor entra na 37ª rodada em quarto lugar, com 59 pontos. O primeiro time da pré-Libertadores é o Corinthians, com 53 pontos.

"Garantir a fase de grupos é muito importante. Se não depender do último jogo em Goiânia (contra o Goiás), melhor", destacou o Léo Moura. "Mas temos que pensar primeiro no São Paulo".

E o confronto contra o time paulista coloca no banco de reservas um velho conhecido dos atletas gremistas, e que foi protagonista de um jogo emblemático deste Brasileirão. Atualmente no tricolor paulista, o treinador Fernando Diniz comandava o Fluminense na partida em que a equipe carioca bateu o Grêmio na Arena por 5 a 4, no primeiro turno da competição, depois de estar perdendo por 3 a 0. 

"Quase impossível acontecer novamente", afirmou o lateral gremista. "Estávamos comandando aquele jogo e, por um vacilo nosso, o Fluminense cresceu. Estamos vacinados com o estilo de jogo do Diniz".  

Léo Moura evitou comentar sobre a possibilidade de rebaixar o Cruzeiro no caso de uma vitória gremista na quinta, ou de interferir na classificação colorada para a Libertadores, em virtude da partida contra o Goiás na última rodada. "Temos que pensar em nós. Se o Cruzeiro for rebaixado, não foi por nossa causa. Foi porque o clube teve um ano difícil. A mesma coisa o Inter. Temos que pensar no nosso objetivo", destacou.

Próxima temporada

O lateral disse que pretende jogar mais um ano antes de encerrar a carreira, mas negou ter tratado sobre renovação com a direção gremista. O contrato com o clube termina no final do ano. "Objetivo é jogar mais um ano. Temos mais uns jogos para decidir e sentar com a diretoria do Grêmio. Minha vontade é permanecer aqui, mas estou tranquilo. Vou esperar o momento certo".

Treino fechado

O técnico Renato comandou um treino fechado na manhã deste sábado, no CT Luiz Carvalho. Na parte aberta para a imprensa, o lateral-esquerdo Juninho Capixaba sentiu dores e deixou a atividade mais cedo. Para o jogo contra o São Paulo, o Tricolor não poderá contar com Matheus Henrique e Diego Tardelli, suspensos. O Grêmio deve entrar em campo com Paulo Victor; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Maicon e Alisson; Éverton, Luciano e André (Vizeu).