Odorico Roman prega valorização e maior investimento na base do Grêmio
Correio do povo Logo

Receba as principais notícias do Grêmio no seu WhatsApp

Inscrever-se WhatsApp Logo

Odorico Roman prega valorização e maior investimento na base do Grêmio

Ex-vice de futebol tem 12 anos dedicados ao Tricolor

Mauri Dorneles

publicidade

Odorico Roman, ex-vice presidente de futebol, da Chapa “Futebol e Torcida Juntos”, foi entrevistado nesta quarta-feira pela Rádio Guaíba e o CP. Com 12 anos dedicados ao Tricolor, o ex-dirigente prega a valorização das categorias de base. “O Grêmio precisa investir na base para revigorar o ciclo de formação de jogadores que renderam títulos e recursos. Temos que investir no futebol feminino, que é outra área que está bem desassistida. No profissional, vamos contratar jogadores dentro das características que a gente quer”, destacou.

Na conversa, Odorico, pela primeira vez falou sobre um dos motivos que o afastaram do clube, logo após o time conquistar a Libertadores de 2017 e ter disputado o Mundial. Dois anos antes, o candidato foi vítima de um sequestro relâmpago. O trauma refletiu em algumas questões familiares, que fizeram o dirigente repensar o tempo passado com a família, e assim, deixar o Tricolor.

No entanto, o candidato também admite que não foi posteriormente procurado pela direção para retornar ao Futebol. Ainda sobre o esporte, Odorico entende que um departamento enxuto, mas eficiente é o mais adequado: “Para mim, o CEO do futebol é o vice de futebol. Penso que o Futebol precisa de um VP, mais um ou dois diretores e um executivo que vamos procurar no mercado, além de toda área médica. Essa é a estrutura que considero suficiente”.


Mais Lidas

Confira a programação de esportes na TV desta terça-feira, 16 de abril

Opções incluem eventos de futebol e outras modalidades esportivas em canais abertos e por assinatura



Placar CP desta terça-feira, 16 de abril: confira jogos e resultados das principais competições de futebol

Acompanhe a atualização das competições estaduais, regionais, nacionais, continentais e internacionais

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895