Renato admite Grêmio abaixo, mas critica postura defensiva do Bahia
capa

Renato admite Grêmio abaixo, mas critica postura defensiva do Bahia

Treinador afirma que maioria das equipes do Brasil pratica "futebol feio"

Por
Correio do Povo

Renato também reclamou das datas FIFA próximas aos jogos do Brasileirão

publicidade

O técnico Renato Portaluppi não poupou críticas, tanto à sua equipe quanto ao adversário na noite desta quarta-feira, após a derrota do Grêmio para o Bahia por 1 a 0, na Arena. O treinador reconheceu a atuação abaixo da média, mas também citou a postura defensiva do Bahia como um problema para construir um resultado melhor.

Como já havia feito em outras oportunidades após derrotas para equipes consideradas inferiores tecnicamente, Renato voltou a criticar o adversário que vem apenas para "se defender" na Arena. "Se amanhã ou depois eu armar minhas equipes só para se defender, vou jogar só pelo resultado. Eu não condeno nenhum treinador, é muito mais fácil destruir do que construir. Mas 90% das equipes do futebol brasileiro jogam feio", disparou.

Apesar de criticar o adversário, Renato também reconheceu que sua equipe não fez boa partida na noite desta quarta-feira. Disse que seus jogadores não conseguiram criar, e que o rendimento foi abaixo do esperado. "Foi um jogo ruim tecnicamente. Não conseguimos furar o bloqueio do Bahia, que jogou fechado. Fomos muito abaixo do esperado", reconheceu.

O treinador também reclamou dos conflitos do calendário com as datas FIFA. Citou as viagens longas enfrentadas por Everton e Matheus Henrique, que estavam em compromissos com a Seleção Brasileira em Singapura, e também Kannemann, que disputou jogos com a Argentina. "São muitas horas de viagem, esses jogadores estavam abaixo na parte física. É difícil nessas horas de jogo importante ter jogos da Seleção, entrar em campo três dias depois", protestou.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Grêmio deve jogar com a equipe reserva, diante do Fortaleza, fora de casa, no sábado, às 17h. Isso porque os titulares devem seguir a preparação para o jogo de volta da semifinal da Libertadores, diante do Flamengo, na quarta-feira, 23 de outubro, às 21h30min, no Maracanã.