Romildo afirma que premiação para Mancini em fuga do rebaixamento não chega a R$ 1 milhão

Romildo afirma que premiação para Mancini em fuga do rebaixamento não chega a R$ 1 milhão

Presidente disse que renovações de contrato serão tratadas apenas após o fim da temporada

Correio do Povo / Rádio Guaíba

Romildo assegurou que premiação para Vagner Mancini não passa de R$ 1 milhão

publicidade

O presidente do Grêmio Romildo Bolzan Jr. admitiu que deve haver o pagamento do chamado "bicho extra" para os jogadores em caso de fuga do rebaixamento para a Série B do Brasileirão. No entanto, negou os valores surgidos na imprensa na semana passada, classificando-os como "exorbitantes".

A bonificação divulgada pela imprensa girava na casa dos R$ 5 milhões. No entanto, segundo Romildo, o valor não chega a R$ 1 milhão. "Evidentemente, também haverá uma premiação aos jogadores", admitiu.

As renovações de contrato de jogadores ainda não serão discutidas. O presidente aguarda a conclusão da temporada para saber se haverá a permanência na Série A. Jogadores como Diego Souza, Rafinha, Cortez, entre outros, têm vínculo que se encerram em dezembro. "Saberemos reconhecer aqueles que honrarem e defenderem a camisa do Grêmio", resumiu.

O presidente Romildo admitiu que, após a vitória por 3 a 2 sobre o Juventude, criou-se um ambiente melhor. No entanto, reconheceu que ainda há "muito trabalho" a ser feito para evitar o rebaixamento. "O Mancini estreou bem, a torcida veio engajada, do jeito que queremos. Está se criando uma situação melhor", comemorou.

Ele reconheceu, ainda, as diferenças de perfil entre os antigos vices de futebol contratados por ele e Denis Abrahão, anunciado na semana passada após a saída de Marcos Herrmann. "Sabíamos que ele era assim, mais sanguíneo, de discurto forte. Cada um contribui da sua forma", destacou.

O Grêmio enfrenta o Atlético-GO, na segunda-feira, às 20h. A partida, que acontece no Estádio Antônio Accioly, é válida pela 28ª rodada do Brasileirão. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895