Romildo garante reestruturação geral no departamento de futebol do Grêmio para a Série B
patrocinado por

Romildo garante reestruturação geral no departamento de futebol do Grêmio para a Série B

Presidente avaliou "processo abrupto de transição" como fator determinante para rebaixamento

Correio do Povo

Direção frustrou torcida com time sem competitividade até a queda

publicidade

O presidente Romildo Bolzan Jr. lamentou o rebaixamento do Grêmio, confirmado na noite desta quinta-feira apesar da vitória por 4 a 3 sobre o Atlético-MG, já que os resultados paralelos não ajudaram. Bastante abatido, ele garantiu uma reestruturação geral no departamento de futebol do clube para a Série B do ano que vem. 

Veja Também

Ele reconheceu que o desempenho ao longo do ano não foi o ideal, e que o começo da reformulação passa pelo departamento de futebol. "São situações novas, que infelizmente não esperávamos. Mas vamos fazer uma reestruturação geral", assegurou.

O presidente não se furtou de avaliar os motivos que levaram o Tricolor ao rebaixamento. E classificou o processo de transição, chamado por Romildo de "abrupto" como um dos principais motivos pela queda. Ele negou, contudo, que o excesso de treinadores tenha influenciado. "Eram todos profissionais muito competentes", avaliou.

Apesar da queda, Romildo pediu que não houvesse sentimento de "terra arrasada". "Já saímos com uma base muito boa para reconstruir isso no próximo ano. Não podemos desfazer ou liquidar tudo que fizemos até hoje. Temos coisas muito boas", afirmou.

Na avaliação do elenco, Romildo também garantiu que as contratações foram acertadas. "Eram jogadores consagrados, em ascensão em muitos lugares. Não podemos botar tudo fora", destacou. Ele prometeu recolocar a equipe de volta na Série A. "Vamos fazer isso juntos, porque o Grêmio é muito grande."


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895