Árabes devem voltar a procurar Edenilson

Árabes devem voltar a procurar Edenilson

Al-Hilal já tinha feito investida em volante, o que fez o Inter antecipar renovação

Por
Fabrício Falkowski

Edenilson deve voltar a receber proposta do Al-Hilal, da Arábia Saudita


publicidade

Não é de hoje que o Al-Hilal, da Arábia Saudita, quer levar Edenilson. Em junho, o clube da Arábia Saudita fez uma proposta ao jogador que fez os dirigentes colorados anteciparem a renovação do seu contrato. Porém, os árabes devem voltar a carga e tentar, mais uma vez, levar o volante. Em Porto Alegre, os dirigentes colorados prometem resistir mais uma vez, mantendo o jogador por pelo menos mais uma temporada.

O novo vínculo do volante com o Inter vai até dezembro de 2022. Ou seja, para o Al-Hilal ter sucesso na empreitada, terá que indenizar o clube. Porém, por suas características de intensidade, velocidade e polivalência, Edenilson é considerado peça fundamental no grupo. O próprio Eduardo Coudet já solicitou a permanência do volante, que se encaixa no tipo de futebol que ele deseja impor no Inter a partir de janeiro. Por isso, Edenilson só sairá por uma proposta considerada irrecusável. 


Outras negociações estão sendo tratadas. A pretensão dos dirigentes é anunciar as primeiras contratações em breve. A ideia é entregar o grupo quase pronto a Coudet no início da pré-temporada, em 6 de janeiro. Afinal, os primeiros e já decisivos compromissos na Libertadores são na primeira semana de fevereiro.