Abel Braga adia decisão e afirma que gostaria de ficar no Inter até o fim de 2021

Abel Braga adia decisão e afirma que gostaria de ficar no Inter até o fim de 2021

Técnico campeão do mundo descartou trabalhar ao lado de um profissional contratado para a próxima temporada: “Não há hipótese”

Correio do Povo

Abel Braga afirmou que novas conversas com o presidente eleito Alessandro Barcellos irá definir o seu futuro no Inter

publicidade

O técnico Abel Braga contou na entrevista coletiva após a vitória do Inter sobre o Bahia, por 2 a 1, na Arena Fonte Nova, que ainda não há uma definição sobre o seu futuro no clube. Segundo o treinador, ele e o presidente eleito Alessandro Barcellos conversaram no sábado e debateram o que pensam para a sequência do Campeonato Brasileiro e para a temporada 2021.

“A decisão vai ser resolvida com um acordo, como sempre foi. Ontem (no sábado), conversamos e expus o meu ponto de vista. Foi exposto o ponto de vista da direção, que é soberana para escolher quem bem quiser. Vamos resolver se é interessante continuar ou não é”, afirmou o técnico.

Abel destacou a série de vitórias que conseguiu com a equipe nos últimos jogos e lembrou um episódio de 2014 que o deixou bastante chateado, quando terminou em terceiro no Brasileiro e acabou demitido. “Vim para o Inter com um objetivo, dar o meu melhor e estou dando o meu máximo. Sempre acreditando que faria um bom trabalho e estou fazendo, até agora. Apesar da decepção de ganhar dois jogos fora de casa e não levar (a classificação). Fazendo um bom trabalho, a minha ideia era continuar até dezembro do próximo ano. Passar um ano no clube. Coisa que me tiraram o direito, conquistado dentro do campo em 2015. Terminei em terceiro. É a única coisa que me dói até hoje na relação entre o Abel e o Inter”, ressaltou.

O único momento que o técnico de 68 anos se mostrou chateado na coletiva foi quando um repórter perguntou se ele aceitaria trabalhar ao lado de um novo treinador. “Ele não é auxiliar e nem eu. Ele trabalha de um lado e eu, do outro. Isso aí não há hipótese. O que ainda não está definido é se saio ou continuo”, declarou.

“A diretoria é soberana. Vamos conversar e ele vai resolver. O que ficar resolvido, tem certeza absoluta, tanto do meu lado, quanto da presidência, vai ser o que é melhor para o Inter”, ressaltou Abel Braga.

O Inter volta em seguida de Salvador. A reapresentação está marcada para segunda-feira, às 16h30min. No período da tarde, Marcelo Medeiros concederá uma coletiva para falar sobre os quatro anos na presidência do Colorado.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895