Barcellos nega favoritismo do Inter no Brasileirão: "Pés no chão"

Barcellos nega favoritismo do Inter no Brasileirão: "Pés no chão"

Presidente colorado reiterou que o momento é de celebrar a vitória no Gre-Nal, mas que título da competição ainda está "em aberto"

Correio do Povo

Inter abriu folga na liderança do Brasileirão

publicidade

Ainda que o Inter lidere o Brasileirão com quatro pontos de vantagem após a vitória no clássico Gre-Nal, neste domingo, o presidente do Inter, Alessando Barcellos, garante que não é momento de "euforia" e sim de "pés no chão.

"A euforia termina logo após a comemoração da vitória. Precisamos ter muito foco, muita responsabilidade. Estamos acompanhando uma oscilação grande das equipes neste campeonato. Temos que tratar isso com responsabilidade. Claro que nos sentimos candidatos pelo crescimento do grupo no momento certo, o Abel, todos que entraram hoje, entraram bem. É um grupo que merece nosso reconhecimento", disse em entrevista à Rádio Guaíba. 

O novo presidente do Inter começou a sua gestão em janeiro, mês em que o Colorado iniciou sua arrancada direto para a liderança do campeonato. Na avaliação do dirigente, o trabalho externo é para dar condições dos atletas estarem "soltos" no campo.

"Temos trabalhado o suporte para que esse grupo jogue mais solto, mais leve, mostrem o futebol dentro de campo, sem que a parte exterior do clube influencie este processo. Trabalhamos para tirar isso de lá. E eles vêm demonstrando isso, estão mais soltos, crescendo na competição". 

Sobre a quebra do jejum contra o Grêmio, Barcellos destacou que os tabus servem para serem quebrados e elogiou a força mental dos atletas. "Foi isso que aconteceu, buscaram uma energia, uma força depois do gol. Felizmente conseguimos essa virada importante e quebramos essa estatística que era incomoda", concluiu. 

Líder, o Inter recebe o RB Bragantino no Beira-Rio, no proximo domingo, às 19h15min.

Veja Também

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895