Coudet minimiza julgamento no TJD/RS e diz que Lindoso está apto a jogar final do Gauchão

Coudet minimiza julgamento no TJD/RS e diz que Lindoso está apto a jogar final do Gauchão

Treinador disse que "nunca houve falta de respeito" por sua parte contra o presidente da Federação Gaúcha de Futebol ao fim do Gre-Nal que marcou retorno do Estadual

Por
Correio do Povo

"Foi só uma contratura muscular", disse sobre Lindoso


publicidade

Com a vaga garatida para a final do returno do Gauchão, o técnico Eduardo Coudet saiu satisfeito com a atuação e a vitória por 4 a 0 sobre o Esportivo. Em coletiva de imprensa por vídeo-conferência, ele tratou de atualizar e acalmar os torcedores sobre a situação de Rodrigo Lindoso, que sentiu um desconforto na coxa direita na quarta-feira, durante confronto contra o Aimoré. Conforme o treinador, o atleta está bem e apto para jogar a próxima partida.

"Não há lesão, simplesmente sentiu uma moléstia e quando um jogador sente isso normalmente pensamos algo ruim, mas foi só uma contratura muscular. Hoje não queríamos correr riscos, mas estará apto junto com os outros companheiros para ser escalado", afirmou.

"El Chaco" também ressaltou que não está preocupado com o julgamente marcado para esta semana, por esbravejar contra o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) após a derrota no Gre-Nal, na retomada do Gauchão. Ele e o meia D’Alessandro foram denunciados pela Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul (TJD/RS) e devem ser julgados na próxima terça-feira, dia 4, ou na próxima quinta, dia 6 de agosto. 


"Não creio e não penso que vá haver nenhum tipo de sanção. Da minha parte, nunca houve falta de respeito, nunca agredi ninguém verbalmente, simplesmente reclamei. E há de se levar em conta o momento: vínhamos de um Gre-Nal que perdemos e que tivemos que trocar de lugar para jogar. Nunca faltei respeito com nenhuma autoridade. Foi simplesmente uma reclamação que eu acreditava que era óbvia. Uma sanção seria injusta e não seria lógica", defendeu.