"Estamos indignados e cansados", dispara vice de futebol do Inter sobre arbitragem

"Estamos indignados e cansados", dispara vice de futebol do Inter sobre arbitragem

Dirigente reclamou de possível pênalti em Rodrigo Dourado e dá falta de critério do árbitro nos acréscimos

Correio do Povo

Inter perdeu de 2 a 1 para o Juventude no Jaconi

publicidade

O vice-presidente de futebol do Inter, Emílio Papaléo Zin, se manifestou após a derrota para o Juventude, no Alfredo Jaconi, nesta quarta-feira. O dirigente fez duras críticas a arbitragem da partida e às decisões tomadas pelo árbitro Bruno Arleu de Araújo no duelo. Em sua definição, o Colorado está "indiginado e cansado" com os problemas que vem acontecendo em suas partidas.

As principais lamentações foram direcionadas à quantidade de acréscimos e a um lance no último minuto em que o goleiro Douglas dividiu com Rodrigo Dourado dentro da área. No entendimento de Papaléo, a penalidade deveria ter sido analisada. "O que vocês acharam da arbitragem? É comum termos 5 substituições, um minuto cada, um lance de VAR que leva 3 ou 4 minutos, mais um carrinho vagaroso? Tranquilamente, era um tempo acrescido de 10 ou 12 minutos. O juiz deu 5. Vocês acharam normal isso? Não, né? Outra coisa: um pênalti clamoroso, exatamente depois de nós fazermos o primeiro gol. Nós não somos de reclamar da arbitragem. O presidente já pontuou que há um descritério no nosso campeonato", disparou. 

Ainda de acordo com o dirigente, o clube irá reclamar formalmente da arbitragem desta quarta-feira. Entretanto, ele admite que "não deve mudar nada". "Nós vamos fazer uma reclamação formal, mas nós sabemos como funciona isso: não vai longe, porque há um despreparo técnico de quem faz arbitragem. Não consigo entender por que o VAR não chamou o juiz", completou. 

Sobre a oscilação do Colorado nas últimas rodadas - 5 pontos em 18, o vice entende que o time não está devendo na competição e vem se encontrando. "Eu acho que o Internacional não está devendo. O Internacional fez um grande jogo no Gre-Nal. A torcida ficou extremamente satisfeita. Hoje, não fomos felizes num contexto de futebol", disse. Na próxima rodada, o Inter recebe o Athletico Paranaense, no Beira-Rio, no sábado em busca de uma reação na luta para encostar nas equipes de cima da tabela. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895