Fora contra o Fluminense, Lindoso preocupa o Inter e é dúvida para a semifinal da Copa do Brasil
capa

Fora contra o Fluminense, Lindoso preocupa o Inter e é dúvida para a semifinal da Copa do Brasil

Sem o titular e Dourado, Odair pensa na partida pelo Brasileiro, no Rio de Janeiro, para depois elaborar equipe que vai encarar o Cruzeiro

Por
Correio do Povo

Lindoso não irá atuar no sábado contra o Fluminense, no Rio de Janeiro, e é dúvida para enfrentar o Cruzeiro

publicidade

A partir dos 21 minutos do segundo tempo da partida contra o Nacional-URU, válido pelas oitavas de final da Libertadores, que terminou com a vitória do Inter, por 2 a 0, o técnico Odair Hellmann passou a ter um problema de difícil resolução para os próximos compromissos. Ele perdeu o volante Rodrigo Lindoso após um choque com o uruguaio Gabriel Neves. O jogador foi retirado de maca de campo, sentindo muita dor no tornozelo, e, imediatamente, iniciou o tratamento para ficar à disposição para o primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil, na próxima quarta-feira contra o Cruzeiro, em Minas Gerais.

“O Lindoso preocupa, pois não temos um diagnóstico da lesão. Vamos ter que esperar 24 ou 48 horas para fazer os exames e ter uma análise melhor. Para o fim de semana, com certeza, ele está fora. Vamos torcer para que não seja nada e que ele se recupere para nos ajudar na quarta-feira”, afirmou o vice de futebol, Roberto Melo.

Odair compartilha de preocupação da direção, mas evita pensar em quem irá atuar contra o Cruzeiro. “Vamos ter que esperar, pois ele saiu com o tornozelo bastante inchado. Torcemos para que não tenha nenhuma situação de ligamento para que tenha uma recuperação mais rápida. Vamos esperar pela evolução e pensar (no substituto), a partir de domingo, pois temos que concentrar no jogo contra o Fluminense”, revelou o técnico.

Rodrigo Dourado segue em tratamento. Ele sofreu um problema no joelho esquerdo no empate em 2 a 2 com o River Plate, no Monumental de Nuñez, pela Libertadores. Passou por artroscopia, levou dois meses para se recuperar, treinou entre os titulares na pré-temporada em Atibaia e atuou os 90 minutos contra o Palmeiras, pela Copa do Brasil, no Beira-Rio, no último dia 10. No mesmo jogo, o jogador voltou a sentir e foi novamente afastado para tratamento até estar totalmente recuperado. Dificilmente, o treinador poderá contar com o atleta na próxima quarta contra o Cruzeiro.

“Vamos aguardar. Quando ele estiver 100% vai voltar a fazer os treinamentos e, depois, retomar a fazer o que ele mais gosta, que é jogar futebol. Infelizmente, hoje, não temos prazo e temos que esperar esse momento acontecer”, declarou o técnico.

Edenilson, que passou a fazer a função com a lesão de Lindoso, Rithely, Zé Gabriel e até Nonato podem ser a opção. Quem atuar contra o Fluminense no sábado pode ser a primeira alternativa de Odair.

“A perda dele (Lindoso), com a do Rodrigo (Dourado), é um problema, mas, cabe a mim, encontrar a solução dentro do nosso grupo, caso eles não possam jogar. Uma solução que continue dando sustentação defensiva para a equipe e que mantenha um padrão (de atuação). Vamos esperar para tomar uma decisão mais para frente”, finalizou o comandante colorado.

O Inter volta aos treinos a partir das 15h30min desta quinta-feira. Na sexta, trabalha às 10h e, à tarde, viaja para o Rio de Janeiro. O Colorado deve mais uma vez utilizar um time alternativo contra o Fluminense, em jogo válido pela 13ª rodada do Brasileirão, no sábado, às 19h, no Maracanã.