Golaço no fim dá moral e Gustavo Maia deve receber mais chances com Aguirre

Golaço no fim dá moral e Gustavo Maia deve receber mais chances com Aguirre

Treinador uruguaio elogiou a personalidade do jovem ao optar pela finalização que evitou derrota para o Corinthians

Correio do Povo

Atacante marcou um grande gol no final da partida

publicidade

O jovem meia Gustavo Maia entrou no segundo tempo e, quando a derrota parecia sacramentada para o Inter no Beira-Rio, o atacante recém-chegado do Barcelona acertou um chutaço de fora da área e marcou o gol de empate contra o Corinthians, aos 48 minutos do segundo tempo. Depois, foi elogiado por Diego Aguirre não só pela qualidade, mas principalmente pela coragem de tentar o chute já nos acréscimos. A tendência é que ele receba mais minutos com o uruguaio, mas seguirá como uma alternativa. Patrick é o titular da posição. 

Segundo o técnico, a trajetória do jogador foi dividida entre antes e depois do gol. Gustavo Maia tem 20 anos. É tratado como um atleta de grande futuro, que, além de resultado técnico, deve render algum dinheiro ao clube em um futuro não tão distante.

“O gol não foi uma surpresa, mas, pelo momento do jogo, que estava nos acréscimos, além da qualidade técnica, tem que ter personalidade”, afirmou Diego Aguirre.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895