Inter perde para o Palmeiras por 1 a 0 e desperdiça chance de entrar no G4

Inter perde para o Palmeiras por 1 a 0 e desperdiça chance de entrar no G4

Expulsão de Edenilson complicou atuação colorada após penalidade anotada pelo árbitro

Arthur Ruschel

A derrota encerrou uma invencibilidade que já durava três rodadas.

publicidade

Em uma tarde de altos e baixos, o Inter perdeu para o Palmeiras, neste domingo, no Allianz Parque, pelo placar de 1 a 0. O revés tirou do Colorado as chances de, enfim, entrar  no G4 do Brasileirão. A derrota, precipitada com a expulsão de Edenilson, encerrou uma invencibilidade que durava três rodadas.

O gol da partida foi marcado por Raphael Veiga, de pênalti. O Colorado é o 6º, na zona da pré-Libertadores, com 40 pontos. Porém, pode ser ultrapassado pelo Corinthians, caso o clube paulista vença o clássico contra o São Paulo. O Palmeiras é o 4ª, com 41 pontos.

O Inter agora segue o seu "campeonato paulista" à parte. Na proxima rodada, o Colorado enfrenta o Bragantino, na quinta-feira, às 20h, no Beira Rio. Depois, pega o Corinthians, às 16h de domingo, também em Porto Alegre. Já o Palmeiras encara o Sport, em casa. 

Verdão no ataque e Inter no contra-ataque

O 0 a 0 da primeira etapa não traduziu o bom primeiro tempo das duas equipes. Com o ímpeto de propor o jogo, o Palmeiras começou criando as primeiras oportunidades  com Marcos Rocha, logo aos 3 minutos. Ele pegou a sobra na entrada da pequena área e bateu forte no canto esquerdo de Marcelo Lomba, mas na trave.

O Verdão voltou a assustar aos 10 minutos, após um escanteio rasteiro de Dudu pelo canto esquerdo. No bate e rebate, a bola sobrou para Piquerez na pequena área, que acabou chutando forte demais, encobrindo a meta colorada.

Para cada ataque do Palmeiras, um Inter bem postado tinha um contra-ataque engatilhado. Em uma dessas oportunidades, Taison, aos 24 minutos, ligou Yuri Alberto com velocidade. O atacante bateu cruzado, rasteiro, obrigando Weverton a fazer boa defesa. O mesmo Yuri Alberto, dois minutos depois, girou sobre Piquerez no pivô e assustou o goleiro palmeirense com um chute alto no canto esquerdo, que estufou a rede do lado de fora.

Mais para o final da primeira etapa, Raphael Veiga cobrou falta perigosa sobre o canto superior esquerdo de Marcelo Lomba, mas o placar continuou o mesmo, 0 a 0.

Pênalti e expulsão liquidam o Inter 

Na segunda etapa, o Inter acabou provando da sua estratégia. Em contra-ataque rápido, Rony abriu pelo lado direito e chutou forte de fora da área. A bola bateu no braço de Victor Cuesta, dentro da área. O árbitro marcou pênalti sem o auxílio do VAR e Raphael Veiga confirmou a cobrança: 1 a 0 para o Palmeiras.

Logo após a marcação da penalidade, Edenílson discutiu com a arbitragem e levou o cartão vermelho direto. Em desvantagem numérica e no placar, o Inter perdeu o rumo na partida. Diego Aguirre sacou Taison e colocou Maurício, mas a mudança não surtiu o efeito desejado – muito menos as entradas de Palácios, Zé Gabriel e Heitor.

O Palmeiras fez valer a superioridade numérica. A chance mais perigosa, aos 25 minutos, teve boa jogada de Marcos Rocha. Ele deixou Rony livre para boa defesa de Lomba. No rebote, Deyverson perdeu nova chance. O Inter levou perigo somente aos 36, quando Zé Gabriel, de fora da área, tentou o arremate. A bola desviou em Danilo Barbosa e quase encobriu o goleiro Weverton. Nos momentos finais, o Inter não apresentou evolução e retornou de São Paulo sem os três pontos e sem a chance de ingressar, finalmente, no G4.

Campeonato Brasileiro - 27ª rodada

Palmeiras 1

Escalação provável: Weverton, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Piquerez; Felipe Melo (Danilo Barbosa), Zé Rafael (Patrick de Paula), Raphael Veiga (Deyverson) e Dudu (Gustavo Scarpa); Rony e Luiz Adriano (Breno Lopes).

Inter 0

Marcelo Lomba, Saravia (Heitor), Mercado, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Johnny (Zé Gabriel), Edenilson, Taison (Maurício) e Patrick (Palacios); Yuri Alberto.

Gols: Raphael Veiga (4/2T);

Cartões amarelos: Patrick, Victor Cuesta, Gabriel Mercado, Heitor (Inter), Felipe Melo, Rony (Palmeiras)

Cartões vermelhos: Edenílson

Árbitro: Braulio da Silva Machado 

Árbitro de vídeo (VAR): Wagner Reway

Local: Allianz Parque, em São Paulo

Horário: 16h


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895