Inter vence o Novo Hamburgo e confirma o segundo lugar no Gauchão
capa

Inter vence o Novo Hamburgo e confirma o segundo lugar no Gauchão

Guilherme Parede e Wellington Silva marcaram os gols na vitória colorada

Por
Cristiano Munari

Inter venceu o Novo Hamburgo no Beira-Rio

publicidade

O Inter venceu o Novo Hamburgo por 2 a 0 na noite desta quarta-feira no Beira-Rio pela última rodada da fase de classificação do Campeonato Gaúcho. Os gols colorados foram marcados no segundo tempo. Guilherme Parede abriu o placar aos 5 minutos e Wellington Silva fechou a conta aos 41.

Com a vitória, o Inter terminou a primeira fase do Gauchão em segundo lugar, com 22 pontos, e vai enfrentar novamente o Novo Hamburgo nas quartas de final. As datas da próxima fase serão definidas pela Federação Gaúcha de Futebol nesta quinta-feira. O certo é que o primeiro jogo vai ser no Estádio do Vale e a partida decisiva no Beira-Rio.

Inter tem dificuldade, mas D’Ale comanda o time

Após jogar o Gre-Nal com reservas, o Inter voltou a usar o time titular nesta quarta-feira diante do Novo Hamburgo. A equipe, porém, teve os desfalques de Nico López, suspenso, e Patrick, lesionado. D’Alessandro e Guilherme Parede foram os escolhidos para iniciar a partida no Beira-Rio. Odair Hellmannn mudou o esquema do 4-1-4-1 para o 4-2-3-1 com D’Ale centralizado atrás de Rafael Sobis.

Novidade entre os titulares, D’Alessandro conseguiu ser o principal nome de um Inter que encontrou dificuldades no primeiro tempo. A ideia de jogar com posse de bola no campo do Novo Hamburgo não surtiu efeito e o Colorado pouco conseguiu criar dessa forma. As chances vieram apenas em bolas paradas ou quando o Noia ofereceu o contra-ataque. D’Alessandro esteve presente em todas elas.

O Inter teve sete finalizações perigosas na primeira etapa. O camisa 10 foi o responsável por três. Duas delas foram em jogadas de contra-ataque com chutes de fora da área. No primeiro, aos 25, ele bateu no canto esquerdo e Gustavo defendeu. Na outra, cinco minutos depois, o chute colocado tirou tinta da trave direita em jogada que iniciou com arrancada de William Pottker.

Quando não finalizava, D’Alessandro participava com passes. Foi assim que Pottker teve sua chance, mas não conseguiu desviar com força na falta batida por D’Ale no começo do jogo. Guilherme Parede também recebeu do argentino em bola que cortou para dentro e chutou por cima do gol de Gustavo aos 35. Também por cima foi o cabeceio de Cuesta, aos 41, no escanteio batido por seu compatriota.

D’Alessandro foi ainda o responsável pela última finalização do Inter na etapa inicial, aos 44. E foi em uma bela jogada, mais uma vez de transição. Edenilson recebeu no campo de defesa e fez um lançamento na ponta esquerda para Sobis, que dominou e cruzou para D’Ale. O argentino bateu colocado procurando o ângulo, mas sem muita força. Gustavo conseguiu chegar na bola e manter o 0 a 0 no placar.

Parede põe o Inter em vantagem

Se no primeiro tempo D’Alessandro comandou as ações no Beira-Rio, a etapa final ganhou outro protagonista: Guilherme Parede, que iniciou o primeiro jogo com os titulares do Inter, foi o responsável por abrir o placar. Aos 5 minutos, ele se antecipou aos zagueiros em escanteio batido por Rafael Sobis e cabeceou para vencer Gustavo e colocar o Colorado em vantagem, 1 a 0.

O gol deu confiança para Parede, que teve chance de fazer o segundo. Aos 22, ele recebeu pelo lado direito, levou para dentro e chutou no gol. A bola subiu e passou por cima do travessão.

Wellington Silva sai do banco e marca o dele

A verdade é que o Inter foi diminuindo o ritmo com a vantagem diante de um Novo Hamburgo que não ameaçava Marcelo Lomba. Odair começou a mexer no time. Primeiro, Wellington Silva entrou no lugar de William Pottker. Depois, Sarrafiore ingressou por Guilherme Parede, que deixou o campo bastante aplaudido. Faltando 10 minutos para acabar o jogo, Odair sacou D’Alessandro. O argentino, já apresentando cansaço, saiu para a entrada de Camilo.

E deu tempo para o Inter fazer mais um gol. Aos 41, o Colorado tentou três vezes até balançar as redes. A jogada começou com cruzamento de Zeca para Iago, que desviou de cabeça para defesa de Gustavo. O goleiro Novo Hamburgo ainda defendeu outra cabeçada de Sobis, mas não conseguiu fazer nada na finalização de Wellington Silva, que mandou para o fundo das redes e definiu o placar de 2 a 0 no Beira-Rio.

Gauchão 2019 - 11ª Rodada

Inter - 2
Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado; William Pottker (Wellington Silva), Edenilson, D’Alessandro (Camilo) e Guilherme Parede (Sarrafiore); Rafael Sobis. Técnico: Odair Hellmann.

Novo Hamburgo - 0
Gustavo; Ednei, Fred, Luis Gustavo, Neuton; Amaral, Willian (Kelvin); Preto (Paulinho), Mossoró, Hector; Leandro Cearense (Rodrigo Paulista). Técnico: Bolívar.

Gols: Guilherme Parede (5min/1T), Wellington Silva (41min/2T)
Cartões amarelos: Iago, D’Alessandro (INT); Fred, Preto (NH)
Árbitro: Eleno Todeschini
Local: Beira-Rio.