Os números da carreira de Zé Ricardo, novo técnico do Inter
capa

Os números da carreira de Zé Ricardo, novo técnico do Inter

Treinador comandou três equipes do Rio e teve desempenho ruim no seu último trabalho, no Fortaleza

Por
Correio do Povo

Melhor trabalho de Zé Ricardo foi no Flamengo, onde conquistou um Campeonato Carioca

publicidade

O novo técnico do Inter foi anunciado no início da noite desta segunda-feira. O carioca Zé Ricardo, de 48 anos, comandará a equipe até o final do ano. Este será o quinto clube profissional da carreira do treinador, que iniciou no início da década o trabalho nas categorias de base do Flamengo.

Zé Ricardo atuou por quatro anos nas categorias inferiores do Flamengo. Atingiu o melhor momento nesta etapa de sua carreira no início de 2016, quando levou a equipe rubro-negra ao título da Copa São Paulo de Futebol Júnior daquele ano, ao vencer o Corinthians nos pênaltis.

O primeiro trabalho de Zé Ricardo foi justamente no time principal do Flamengo, assumindo a equipe em maio de 2016. No rubro-negro, ficou à frente da equipe por mais de um ano, em 89 jogos. Foram 47 vitórias, 25 empates e 17 derrotas, com mais de 62% de aproveitamento, e um título, o Campeonato Carioca de 2017.

Após deixar o clube, em 2017, assumiu o comando técnico do Vasco. Em São Januário, permaneceu até a metade de 2018, acumulando 50 partidas em quase um ano de trabalho. Foram 22 vitórias, 13 empates e 15 derrotas, com aproveitamento de pouco mais de 52% dos pontos disputados. No Gigante da Colina, foi eleito o melhor técnico do Campeonato Carioca de 2018.

Ainda no Rio, Zé Ricardo também foi técnico do Botafogo por oito meses. Na ocasião de sua demissão, em abril de 2019, a motivação foi a eliminação para o Juventude, na Copa do Brasil. Ele comandou o time em 41 partidas, com 17 vitórias, 11 empates e 13 derrotas, com aproveitamento de pouco mais de 55%.

O último trabalho de Zé Ricardo foi no Fortaleza. E ele não empolga. Pelo contrário: são os piores números da carreira do treinador. Após assumir no lugar de Rogério Ceni, contratado pelo Cruzeiro, teve uma passagem de pouco menos de dois meses. Estreou com derrota para o Inter por 1 a 0 no Castelão e durou apenas 7 partidas, com 1 vitória, 2 empates e 4 derrotas, e aproveitamento de 23,8%.

A carreira de Zé Ricardo em números

187 jogos
87 vitórias
51 empates
49 derrotas
55,6% de aproveitamento