Parede cobra "vergonha na cara" dos colegas de Inter
capa

Parede cobra "vergonha na cara" dos colegas de Inter

Jogadores mostraram frustração com derrota para o Ceará

Por
Estadão Conteúdo

publicidade

A derrota para o Ceará, por 2 a 0, na noite desta quinta-feira, deixou os jogadores do Inter bastante frustrados. Não é a toa que quase ninguém parou para falar com a imprensa na saída do gramado. Um dos poucos que se pronunciou foi o atacante Guilherme Parede. O jogador que entrou no lugar de Bruno Silva durante o segundo tempo reconheceu que o Inter não foi bem e cobrou vergonha na cara dos companheiros.

"Temos que reconhecer: fizemos um mal jogo. Temos que ter um pouco mais de vergonha na cara. Não podemos perder do jeito que perdemos aqui", disparou o atacante.
Sem vencer há três jogos, sendo duas derrotas seguidas com direito a fracasso no Gre-Nal, o Inter perdeu a chance de entrar na zona de classificação para a Copa Libertadores, estacionando nos 46 pontos.

No próximo domingo, pela 32ª rodada, o time comandado por Zé Ricardo buscará a recuperação diante do Fluminense, no Beira-Rio.