Rodinei pede desculpas, mas critica Claus por expulsão: "Punido erroneamente"

Rodinei pede desculpas, mas critica Claus por expulsão: "Punido erroneamente"

Lateral-direito levou o cartão vermelho por pisão em Filipe Luís no começo da segunda etapa

AE

Expulsão gerou cobranças da direção do Inter ao árbitro

publicidade

Horas após ser um dos personagens da derrota do Inter por 2 a 1 para o Flamengo, no Maracanã, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, Rodinei se manifestou sobre o lance da sua expulsão. O lateral-direito pediu desculpas ao torcedor do clube, mas criticou a decisão do árbitro Raphael Claus, declarando que foi punido "erroneamente".

"Lutamos, brigamos e iremos acreditar até o fim! Esse grupo é forte, esse clube é gigante, nossa torcida merece essa conquista. Vamos erguer a cabeça e lutar contra todas as adversidades, contra tudo e contra todos. Peço desculpas por não poder ajudar mais dentro de campo, infelizmente fui punido erroneamente, mas Deus sabe de todas as coisas e ainda temos uma batalha para guerrear!", escreveu o lateral em seu perfil no Instagram.

No início do segundo tempo da partida, em uma dividida, Rodinei deu uma pisão em Filipe Luís. Inicialmente, Claus não marcou falta na jogada, mas, acionado pelo VAR, viu o vídeo da jogada e decidiu pela expulsão do lateral. A partida estava empatada em 1 a 1 e, com um jogador a mais, o Flamengo conseguiu a virada, que o colocou na liderança do Brasileirão a uma rodada do fim.

Envolvido no lance e companheiro de Rodinei no Flamengo em 2019, Filipe Luís foi uma das milhares de pessoas que curtiram a publicação do lateral no Instagram. De volta a Porto Alegre, o jogador colorado recebeu o apoio de alguns torcedores do clube no desembarque no aeroporto.

Como pertence ao Flamengo, que o cedeu por empréstimo, o Inter só poderia utilizar Rodinei no duelo de domingo com o pagamento de multa de R$ 1 milhão, o que foi realizado com o apoio de um empresário torcedor do clube, que doou o valor.

Agora, porém, Rodinei será desfalque na quinta-feira, quando o time vai receber o Corinthians, às 21h30min, pela rodada final do Brasileirão. Para ser campeão, o Inter terá de ganhar e contar com um tropeço do Flamengo diante do São Paulo, no Morumbi.

Grupo de torcedores recepciona delegação

Na chegada a Porto Alegre, no início da madrugada desta segunda-feira, o elenco colorado foi recepcionado por cerca de 20 a 30 torcedores no aeroporto Salgado Filho e recebeu apoio, inclusive o lateral-direito Rodinei.

A mensagem mais passada nos gritos dos torcedores era de incentivo na busca pelo título do Brasileirão, que não acontece desde 1979. Rodinei recebeu palavras de apoio da torcida presente, que focou nas críticas à arbitragem do paulista Raphael Claus. Palavras como "vamos lá" e "vamos virar essa" foram as mais ouvidas. O técnico Abel Braga foi um dos mais requisitados para fotos, assim como o volante Edenilson, que ouviu também pedidos para liderar a virada. 

A delegação voltou sem a presença do presidente Alessandro Barcellos, que ficou no Rio de Janeiro para ir à CBF para formalizar as reclamações do Intern com a arbitragem de Claus na partida.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895