Segundo Inter de Zé Ricardo terá D’Alessandro e Moledo

Segundo Inter de Zé Ricardo terá D’Alessandro e Moledo

Zaga volta a ser a titular e meio de campo terá, além do argentino, Lindoso, Edenilson, Wellington Silva e Parede

Fabrício Falkowski

D'Alessandro retorna ao time contra o Athletico-PR, na quinta-feira, no estádio Beira-Rio

publicidade

As novas alternativas para montar a equipe fizeram Zé Ricardo fechar os portões do Beira-Rio nesta terça-feira. Dentro do estádio, ele montou um Inter com os retornos de D’Alessandro ao meio-campo e Rodrigo Moledo à defesa. E será assim, reforçado com dois titulares mas usando o mesmo esquema que venceu o Bahia, sábado, que o time colorado enfrentará o Athletico-PR, na quinta-feira, no Beira-Rio.

Os jogadores, em todas as entrevistas desde a chegada do novo técnico, fizeram elogios ao trabalho desenvolvido por Zé Ricardo. Alguns, como o zagueiro Victor Cuesta, lembram que o time fica um pouco mais vulnerável na defesa, mas a maioria exalta a maior ambição ofensiva da equipe. “Já dá para ver que mudou bastante coisa. Já conseguimos assimilar o que ele está pedindo, como ele gosta que o time jogue e qual é a estratégia que temos que usar. Agora, o desafio é dar prosseguimento e melhor um pouco mais o que já está bom”, observa Rodrido Lindoso.

Mas o trabalho de Odair Hellmann não é esquecido. O próprio Zé Ricardo, ainda na Arena Fonte Nova, sábado, dividiu com seu antecessor os louros pela vitória na estreia. Na quarta, Lindoso fez o mesmo: “Muita coisa ficou. Não se joga fora um trabalho de dois anos. O Odair teve muita importância e, por mais que existam mudanças, elas não são tão drásticas”.

Moledo retorna ao time no lugar de Bruno Fuchs, suspenso. Assim, a dupla de zaga titular volta ao time após um mês − o último jogo de Moledo foi a derrota para o Flamengo, por 3 a 1, no Maracanã, em 25 de setembro. D’Alessandro, por sua vez, deve ocupar a vaga que foi de Neilton na Bahia. Outra possibilidade, bem menos provável, seria deslocar Neilton para uma das pontas, retirando Guilherme Parede ou Wellington Silva.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895