“Tenho repetido constantemente: vai nos custar muito”, diz Coudet sobre "plantel curto"

“Tenho repetido constantemente: vai nos custar muito”, diz Coudet sobre "plantel curto"

Treinador considerou injusta a derrota para o Fortaleza e afirmou que faz o melhor com o que tem à disposição

Correio do Povo

Treinador projeto "dar alegria" ao torcedor no Gre-Nal

publicidade

Após a derrota do Inter para o Fortaleza na noite deste sábado pelo Campeonato Brasileiro – o segundo revés consecutivo na competição –, o técnico Eduardo Coudet considerou o resultado injusto e voltou a mencionar a dificuldade para escalar a equipe por conta do “plantel curto” e da sequência apertada de jogos. “Nosso plantel é curto e temos muitos jovens. Pois bem, não é fácil não jogar e ser líder do Brasileiro e da Copa Libertadores com o que temos. Se não podemos completar o banco, seguiremos trabalhando com o que temos”, afirmou. “Tenho repetido isso constantemente: vai nos custar muito”, completou.

“Gostaria de escalar sempre a mesma equipe e mantê-la, mas por distintas circunstâncias não podemos fazer isso. Muitas partidas, muitas baixas, e é o que temos. Temos que nos adaptar a isso e trabalhar assim”, resumiu o Argentino horas antes do embarque do Colorado de volta a Porto Alegre.

Sobre o placar final de 1 a 0 para os cearenses, Chacho disse que, mais uma vez, a equipe perdeu por uma bola. “Para mim o resultado foi injusto, é óbvio que temos algumas coisas para melhorar. A efetividade do adversário é uma coisa que nos chama a atenção: outra vez tiveram um chute a gol a perdemos o jogo. Não sei é uma grande falta de atenção ou de concretizar as chances que tivemos afirmou o treinador. Ele ainda considerou que o time teve chances e chutes a gol que os rivais.

Questionado sobre o gol sofrido, e sua eventual influência na substituição de Nonato por Lindoso no final da partida, ele minimizou o ocorrido: "é um lateral, é o rebote de um lateral". Conforme o treinador, sua tentativa com a mudança era investir nas bolas aéreas. “Faltavam cinco minutos e poderíamos chegar na área pelos lados. Depois, do último jogo da série de jogos, eu encadeio as mudanças que temos que fazer para tentar torná-lo melhor”, falou.

Gre-Nal pela Libertadores

Na próxima quarta-feira, o Inter enfrenta o arquirrival Grêmio, no primeiro clássico a ser jogado no Beira-Rio pela Libertados. Sobre a partida, o treinador apenas disse que “trataremos de colocar em campo o que melhor tivermos e buscarmos a melhor alternativa para iniciar”. “Tentaremos fazer um grande jogo como planejamos e tentaremos colocar em campo o que melhor temos”, disse em outro oportunidade. “Tentaremos ganhar na quarta e dar alegria a todos”, concluiu.

 

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895