Mundial Feminino vai conquistar os céticos, diz presidente da Fifa

Mundial Feminino vai conquistar os céticos, diz presidente da Fifa

Infantino está na Nova Zelândia para abertura da Copa nesta quinta

Agência Pública

publicidade

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, disse que o futebol feminino registrou um crescimento incrível nos últimos 10 anos e está confiante de que a Copa do Mundo conquistará qualquer um que permaneça cético sobre os méritos do futebol feminino. O órgão regulador do esporte espera que 2 bilhões de pessoas assistam ao torneio de 64 jogos que está sendo organizado por Austrália e Nova Zelândia. O evento começa em Auckland na quinta-feira (20).

"Muitas pessoas que acreditam que o futebol feminino ainda não é um grande jogo, ou não é tão divertido ou é uma cópia ruim do futebol masculino ou algo assim - bem, quando eles assistirem a um jogo pela primeira vez, eles realmente vão ver que é um jogo fantástico", disse Infantino. "O nível cresceu incrivelmente nos últimos 10 anos e as melhores estão vindo para cá."

 

Infantino disse que se houvesse um esporte em que as mulheres pudessem competir com os homens seria o futebol. "Quero dizer, são 50% da população, mulheres ao redor do mundo, mais ou menos, certo?", afirmou. "É realmente inconcebível, intelectualmente, que não haja um esporte que possa competir com alguns dos esportes masculinos."

A nona edição da Copa do Mundo Feminina vai de 20 de julho a 20 de agosto.


Mais Lidas

Confira a programação de esportes na TV desta terça-feira, 23 de abril

Opções incluem eventos de futebol e outras modalidades esportivas em canais abertos e por assinatura



Placar CP desta terça-feira, 23 de abril: confira jogos e resultados das principais competições de futebol

Acompanhe a atualização das competições estaduais, regionais, nacionais, continentais e internacionais

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895