Arthur Zanetti cai ao final da série nas argolas e ouro vai para a China

Arthur Zanetti cai ao final da série nas argolas e ouro vai para a China

Brasileiro tentava o bicampeonato olímpico. Chineses têm dobradinha, com o ouro e a prata.

Correio do Povo

Zanetti tentava subir ao pódio pela terceira edição seguida dos Jogos Olímpicos

publicidade

Um erro no final da apresentação terminou com as chances de Arthur Zanetti brigar por uma terceira medalha olímpica. O ginasta brasileiro, ouro em Londres-2012 e prata no Rio-2016, ambas conquistas nas argolas, vinha mais uma vez tendo uma boa série no aparelho que o consagrou. No entanto, na saída da apresentação, acabou caindo, o que custou uma punição e a nota 14.133, que já indicava que a presença no pódio não se repetiria.

"Fomos para o tudo ou nada e arriscamos. Dessa vez não deu certo, mas é isso, trabalhar para o futuro", falou ele ao canal SporTV logo após à final.

O pódio teve uma dobradinha chinesa. Terceiro a se apresentar, o chinês Liu Yang fez uma série acima da média, coroada por uma saída cravada. Ao marcar 15.500 como pontuação, jogou a pressão para os adversários e ficou na expectativa. O grande rival era o grego Eletherios Petrounias, ouro no Rio-2016. No entanto, desta vez, o atleta da Grécia não conseguiu superar os chineses e, com 15.200 como nota, ficou com o bronze, enquanto You Hao faturou a medalha de prata.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895