Brasil perde as duas disputas no judô por equipes e fica fora da briga por medalha

Brasil perde as duas disputas no judô por equipes e fica fora da briga por medalha

Judocas gaúchos ganharam suas disputas, mas time foi superado por Holanda e Israel

Correio do Povo

Disputas terminaram 4 a 2 contra brasileiros

publicidade

O Brasil ficou fora da briga por medalha na disputa por equipes do judô nos Jogos de Tóquio. Neste sábado, perdeu para Israel na luta da repescagem do bronze, por 4 a 2. Foi a segunda derrota da noite, já que havia sido derrotado também para a Holanda, pela mesma diferença.

Contra os israelenses, apenas as gaúchas Mayra Aguiar e Maria Portela ganharam seus combates. Mayra conseguiu um ippon e Portela aplicou uma imobilização nas adversárias. Eduardo Barbosa, Eduardo Yudi e Rafael Buzacarini foram superados; assim como Larissa Pimenta.

Na primeira disputa, com a Holanda, a derrota também foi por 4 a 2. Larissa Pimenta abriu os combates, enfrentando Sanne Verhagen. A luta, disputada entre mulheres até 57kg, não teve pontuação, mas como a brasileira cometeu três irregularidades, a vitória foi para a holandesa.

Na sequência, Daniel Cargnin, bronze no individual, pegou Tornike Tsjakadoea na categoria até 73kg e, com a confiança no alto, venceu por wazari no golden score. Maria Portela, que foi eliminada em sua categoria com uma grande polêmica, foi a terceira a lutar, mas perdeu por ippon para Sanne Van Dijke.

A Holanda fez 3 a 1 com Noel van T End, que, com um estrangulamento, conseguiu um ippon sobre Rafael Macedo. Mayra Aguiar, mais uma que medalhou em Tóquio, subiu ao tatame para substituir Maria Suelen, que se machucou nesta sexta. E mesmo disputando uma categoria acima da sua (mais de 70kg) ela venceu, superando Guusje Steenhuis.

Rafael Silva disputou a última luta contra Henk Grol. E perdeu, após sofrer três punições.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895