Trio brasileiro não classifica à decisão do salto triplo da Tóquio 2020

Trio brasileiro não classifica à decisão do salto triplo da Tóquio 2020

Português Pedro Pichardo foi o líder da etapa classificatória

AFP

Melhor brasileiro, Mateus de Sá ficou na 10ª posição do grupo

publicidade

Mateus de Sá, Alexsandro Melo e Almir dos Santos, os representantes do Brasil no salto triplo nos Jogos de Tóquio não conseguiram avançar para a final da categoria, nesta terça-feira na Tóquio 2020. Para irem à disputa por medalhas, entre os 12 classificados, os brasileiros precisavam superar os 16,78m.

Na primeira bateria de classificação, Mateus de Sá conseguiu registrar 16,49m, ficando em 10º, à frente de Alexsandro Melo, 12º, com 15,65m. Na segunda bateria, Almir dos Santos fez 16,27m, ficando em 13º.

Na classificação geral, o português Pedro Pichardo ficou na liderança com a marca de 17,71m, muito à frente do segundo colocado, o chinês Yaming Zhu, com 17,11m.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895