Com portões fechados na França, Seleção feminina cede empate ao Canadá

Com portões fechados na França, Seleção feminina cede empate ao Canadá

Equipe de Pia Sundhage chegou a abrir 2 a 0, mas partida acabou igualada em 2 a 2

Por
Agência Brasil

Seleção feminina jogou com portões fechados em Calais, na França, por conta da ameaça do coronavírus


publicidade

A seleção brasileira encerrou na tarde desta terça-feira sua participação no Torneio Feminino de Futebol Internacional da França ao empatar com o Canadá, por 2 a 2, na cidade de Calais, em partida realizada com portões fechados, atendendo às recomendações de saúde pública, para evitar a propagação do novo coronavírus (Covid-19).

As brasileiras chegaram a emplacar uma vantagem de 2 a 0, com gols de Marta e Ludmila. Foi o primeiro gol da atacante Marta sob comando da técnica sueca Pia Sundhage. As canadenses não esmoreceram e diminuíram com Diana Matheson, ao 27 minutos da segunda etapa. E depois, a meia-campista Matheson ainda deu assistência para Janine Beckie arrancar o empate a oito minutos do fim jogo.  

Este foi o segundo empate da seleção no Torneio da França: as brasileiras estrearam com um 0 a 0 contra as holandesas. Na segunda partida, o Brasil perdeu por 1 a 0 para a França.

Com o objetivo de testar o maior número possível de jogadoras na competição, a treinadora Sundhage fez mudanças em relação à equipe que iniciou contra a França. Bruna Benites estreou na defesa. Outra debutante na seleção foi Rafaelle, também na zaga. E na lateral direita, Antônia entrou no lugar de Letícia Santos, lesionada no embate com a França.


Os próximos compromissos da seleção brasileira estão programados para abril. Serão dois amistosos, o primeiro no dia 8, conra a Costa Rica, e o segundo no dia 14, contra a seleção norte-americana, atual campeã mundial.