capa

Seleção opta por privacidade na Capital

Depois de conhecer seu adversário no jogo de quinta-feira, Tite fecha os portões do CT do Grêmio

Por
Correio do Povo

Everton trabalhou em um campo que conhece bem: o CT Luiz Carvalho

publicidade

Tite adotou a privacidade como um elemento importante na estratégia da Seleção Brasileira para as quartas de final da Copa América. No primeiro trabalho após conhecer o adversário na segunda fase, a comissão técnica fechou os portões do CT Luiz Carvalho no treino de hoje e privou a imprensa de mais informações a respeito do planejamento para encarar o Paraguai, nesta quinta-feira, na Arena do Grêmio. 

“Estamos preparando este jogo a partir de hoje, antes não sabíamos o adversário que iríamos enfrentar”, afirmou o lateral-direito Daniel Alves, em entrevista à TV oficial da CBF. A opção por um treinamento reservado em sua totalidade está relacionada à maneira de jogar do adversário, já que a Seleção não tem mistério para o confronto de amanhã. 

Sem poder contar com o volante Casemiro, suspenso, Tite vai escalar Fernandinho na primeira função do meio-campo. “O nosso time vem numa crescente, melhorando jogo a jogo, queremos continuar assim, dando passos firmes. Agora é uma nova competição, aos poucos vamos caminhando em busca do nosso objetivo principal”, acrescenta Daniel Alves. 

O Paraguai foi o carrasco do Brasil nas edições de 2011 e 2015 da Copa América. Nessas duas oportunidades, eliminou os brasileiros nas quartas de final e ambas nos pênaltis. “É um time que nós acompanhamos alguns jogos e, apesar de ter feito apenas dois pontos na primeira fase, tem muita qualidade”, comentou o atacante Everton, em entrevista à CBF TV. O atacante do Grêmio viverá um dia especial amanhã. O “Cebolinha” vai atuar pela primeira vez na Arena com a camisa da Seleção. 

“Vai ser diferente, é um estádio que eu já conheço, são anos da minha vida passados ali. Tenho certeza que a torcida vai nos apoiar do início ao fim, os ingressos já estão esgotados”, destacou Everton, que ganhou a titularidade após fazer um gol diante da Bolívia na estreia. 

A delegação do Paraguai desembarcou ontem no início da noite em Porto Alegre. Os paraguaios têm jogadores conhecidos da torcida brasileira, como o zagueiro Gustavo Gómez (Palmeiras), o goleiro Gatito Fernández (Botafogo) e o meia-atacante Derlis González (Santos).