"Todo mundo sabe nosso posicionamento e queremos falar na terça", diz Casemiro sobre Copa América

"Todo mundo sabe nosso posicionamento e queremos falar na terça", diz Casemiro sobre Copa América

Capitão da Seleção disse que o grupo está unido com a mesma posição exposta pelo técnico Tite

Correio do Povo

Capitão do Brasil frisou que decisão será unânime

publicidade

É questão de tempo, mas é cada vez mais transparente a inconformidade dos jogadores brasileiros em disputar a Copa América. Após a vitória sobre o Equador, nesta sexta-feira, o capitão Casemiro comentou a situação. "Não podemos falar do assunto, mas todo mundo já sabe nosso posicionamento", salientou.

O volante não quis se pronunciar diretamente contra a disputa do torneio, mas indicou que a resposta será dada na terça-feira. "Mais claro está impossível. O Tite deixou claro, o que pensamos da Copa América. Mas existe respeito pelas instituições, uma hierarquia. Queremos falar depois do jogo do Paraguai", projetou.

Em coletiva após o anúncio da Copa América no Brasil, o técnico da Seleção indicou a contrariedade pela disputa da competição em território brasileiro sem serem consultados previamente. O pedido de uma reunião com o presidente da CBF, Rogério Caboclo, foi atendido e seguiu a indefinição.

"Não queremos desviar o foco. Para nós é isso aqui, é a Copa do Mundo", acrescentou Casemiro. "Mas a gente quer expressar nossa opinião. Se é certo ou não, cada um vai avaliar", ponderou o capitão do Brasil.

Casemiro frisou, também, que a posição é de todo o grupo. "Como líder preciso dizer, os jogadores se posicionaram e no momento oportuno vamos falar. Todos estão juntos, não sou eu, ou só os da Europa. São todos, com a comissão técnica. Precisa ser unânime."


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895