Técnico do Brasil no vôlei, Renan Dal Zotto recebe alta da Covid-19
patrocinado por

Técnico do Brasil no vôlei, Renan Dal Zotto recebe alta da Covid-19

Comandante da equipe masculina vai fazer tratamento em casa com fisioterapia respiratória

Agência Brasil

Técnico e ex-jogador teve de ser entubado duas vezes

publicidade

O técnico da seleção brasileira masculina de vôlei, Renan Dal Zotto, voltou para sua casa. O comandante da equipe do Brasil teve alta hospitalar nesta sexta-feira depois de 36 dias de internação devido à Covid-19. Ele havia deixado a CTI no começo da semana.

Dal Zotto seguirá fazendo fisioterapia respiratória e motora enquanto já acompanha, de maneira remota e dentro da limitação indicada, o dia a dia da seleção na disputa da Liga das Nações. Nos primeiros compromissos do torneio, a seleção será comandada pelo assistente Carlos Schwanke.

Internado desde o dia 16 de abril, Renan Dal Zotto, de 60 anos, foi extubado pela segunda vez no início deste mês, após cessar uma febre. Foram iniciadas as sessões de fisioterapia e o treinador está lúcido, interagindo com os médicos e familiares.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895