Uefa denuncia Inglaterra por infrações e briga de torcedores na final da Euro
patrocinado por

Uefa denuncia Inglaterra por infrações e briga de torcedores na final da Euro

Ao todo, 86 torcedores já foram detidos até agora, em razão de confusões ao redor de Wembley

AE

Torcedores ingleses entraram em confronto com seguranças e policiais dentro e fora do tradicional estádio londrino

publicidade

A Uefa anunciou nesta terça-feira que abriu investigação para apurar infrações e brigas envolvendo torcedores da Inglaterra na final da Eurocopa, no domingo, em Londres. Além disso, a Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês) foi denunciada por conta de irregularidades dentro do estádio de Wembley.

Torcedores ingleses entraram em confronto com seguranças e policiais dentro e fora do tradicional estádio londrino. De acordo com a polícia, 19 integrantes da força foram feridos. Ao todo, 86 torcedores já foram detidos até agora, em razão de confusões também ao redor de Wembley.

Uma das vítimas das confusões foi o inglês Lando Norris, da Fórmula 1. O piloto da McLaren teve roubado um relógio que custa 40 mil libras (quase R$ 290 mil). O assalto aconteceu na saída do estádio, quando ele tentava entrar em seu carro.

A Uefa designou um inspetor para conduzir as investigações. Os detalhes serão informados nos próximos dias, segundo a entidade. Quanto aos incidentes ocorridos dentro do estádio, a Uefa denunciou a FA por invasão de campo (por parte de um torcedor), arremesso de objetos no gramado, uso de fogos de artifício no local e "distúrbios" ocorridos durante a execução do hino da Itália.

Na semana passada, a entidade que regula o futebol inglês já havia sido multada em 30 mil euros (cerca de R$ 185 mil) porque um torcedor apontou um laser para o rosto do goleiro Kasper Schmeichel, da Dinamarca, durante o jogo da semifinal. Na mesma partida, ingleses vaiaram o hino dinamarquês e lançaram fogos de artifício no estádio.

Jogando em casa, a Inglaterra perdeu a final da Eurocopa para a Itália nos pênaltis, por 3 a 2, no domingo. As duas seleções empataram por 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895