Azul Conecta inaugura linhas aéreas para oito cidades do RS

Azul Conecta inaugura linhas aéreas para oito cidades do RS

A partir desta segunda-feira, Estado terá voos para Bagé, Alegrete, Canela, São Borja, Santa Rosa, Santa Cruz do Sul, Erechim e Vacaria

Eduardo Andrejew

A partir desta segunda-feira, Estado terá voos para Bagé, Alegrete, Canela, São Borja, Santa Rosa, Santa Cruz do Sul, Erechim e Vacaria

publicidade

 A linha de voos da companhia Azul Conecta, empresa sub-regional da Azul, foi inaugurada nesta segunda-feira para oito novas cidades do Rio Grande do Sul: Bagé, Alegrete, Canela, São Borja, Santa Rosa, Santa Cruz do Sul, Erechim e Vacaria. A partir de agora, segundo o governador Eduardo Leite, que participou do momento, o Rio Grande do Sul torna-se o Estado com maior número de ligações regionais aéreas do Brasil. A cerimônia de inauguração ocorreu ainda no início da manhã, antes do primeiro voo, no Portão de Embarque 113 no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre. A cidade de Bagé foi o destino inaugural.

Ao todo, oito passageiros, incluindo autoridades e consumidores, embarcaram em uma aeronave com capacidade para nove clientes no total. Ainda pela manhã, a aeronave fez um novo voo para Alegrete. No início da tarde, o avião da Azul Conecta realizou o último voo do dia com destino a Porto Alegre.

Veja Também

O evento inaugural, com direito a corte de fita no portão de embarque e até batismo da aeronave da Azul Conecta na pista, também teve a participação do vice-governador e secretário de Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, do secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, do secretário de Turismo, Ronaldo Santini, além do deputado estadual Frederico Antunes, que preside a Frente Parlamentar em Defesa da Aviação Regional. A cerimônia ainda teve a presença do assessor especial da presidência da Azul, Ronaldo Veras, e da diretora de operações da Fraport, Sabine Trenk.

O governador Eduardo Leite explicou que o Estado tem um programa de incentivo à aviação regional, que reduz o ICMS sobre o querosene da aviação a fim de incentivar as companhias aéreas a fazer rotas para o interior gaúcho. “Houve todo um processo de negociação, articulação, visitamos a Azul estimulando que ela pudesse ampliar as suas rotas no Estado”, explicou. Ele também salientou que agora o Rio Grande do Sul passa a ter um diferencial competitivo por ser o Estado com maior número de rotas regionais aéreas no país.

“Além de aproximar as nossas instituições de ensino, aproxima as regiões mais distantes”, exemplifica. Acrescenta que a existência de linhas aéreas é um fator importante para que uma empresa decida investir em determinada localidade. “Isso vai fazer o nosso Estado se desenvolver mais em todas as regiões”, prevê.

Além disso, o governador revelou que há negociações com outras companhias aéreas para a criação de novas rotas regionais. “Há uma grande perspectiva de que a Gol Linhas Aéreas possa anunciar e em breve confirmar novas rotas do interior do Estado, até para fora do Estado diretamente”, adiantou.

Ronaldo Veras, que representava a Azul na inauguração, observou que a partir de outubro, os oito novos destinos terão maior frequência de voos, levando em conta o comportamento do mercado. “Por exemplo, para Canela, a nossa ideia é colocar a partir de outubro voos diários”, projeta. A empresa também vai começar a investir em novas ofertas de voos para fora do Estado. A partir de outubro, a empresa vai oferecer em Porto Alegre mais cinco novos destinos: Maringá e Londrina, no Paraná, Uberlândia, em Minas Gerais, além de São José do Rio Preto e Ribeirão Preto, em São Paulo.

Para o secretário Ronaldo Santini, as novas linhas de voo trarão novas opções turísticas para os gaúchos. “Os destinos turísticos que estão sendo revelados, descobertos e que estão sendo potencializados agora, com os voos regionais ficarão mais fáceis de serem visitados”, garante. Já o secretário Juvir Costella destacou a melhoria na mobilidade no Estado. “Hoje nós costumamos dizer que qualquer cidadão pode se deslocar de Porto Alegre, a nossa capital para qualquer região do Estado”, assegurou.

O deputado Frederico Antunes elogiou e agradeceu a Azul por ter acreditado no programa do Estado para estimular as companhias aéreas a investir em linhas para o interior e assim ajudar a alavancar o desenvolvimento do Estado. “Conectamos as mais diversas regiões do interior do nosso Estado com a capital e com o resto do Brasil e com o mundo”, declarou. A diretora de Operações da Fraport, Sabine Trenk, avalia que as linhas regionais incrementarão o movimento no Aeroporto Salgado Filho. “Esses voos regionais dão uma maior capilaridade no Estado, oferecendo conexões a todas as regiões do Rio Grande do Sul e isso vai trazer um fator positivo também para o aeroporto”, analisa.

Após o descerramento da fita e das últimas formalidades, a aeronave da Conecta Azul levantou voo levando oito pessoas – dois convidados, dois representantes da Azul e mais quatro clientes. Entre os convidados, o deputado Frederico Antunes e o secretário Ronaldo Santini, que viajaram junto com Ronaldo Veras. Entre os passageiros, estava o empresário Dario Micael Aurelio da Silva, que veio da Serra gaúcha para embarcar no voo a Bagé. Satisfeito com a nova opção considerou a data histórica. “Um pequeno passo para um homem, mas um grande passo para o Estado”, brincou.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895