Em posse no BNDES, Mercadante fala em fortalecer parcerias com países vizinhos e exportação

Em posse no BNDES, Mercadante fala em fortalecer parcerias com países vizinhos e exportação

Ex-senador assume a presidência do banco em cerimônia com a presença do presidente Lula e do vice, Geraldo Alckmin

R7

publicidade

O ex-senador Aloizio Mercadante tomou posse nesta segunda-feira como presidente do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). No discurso de abertura, o economista falou em retomar a industrialização brasileira, reposicionar o país no mercado global, fomentar parcerias com países vizinhos e criar um "Eximbank" — um banco focado no fomento às exportações, visando retomar o financiamento de empresas brasileiras no exterior.

Na fala, Mercadante afirmou que o BNDES precisa adotar uma visão estratégica a longo prazo, com foco em exportações para além de commodities agrícolas. "Também produtos industriais de alto valor agregado são essenciais para o desenvolvimento do país", disse, citando que 98% do mercado está fora do Brasil.  "Precisamos ser mais competitivos. Competitividade e eficiência: essa é uma pauta fundamental para o futuro do BNDES e da indústria do Brasil", afirmou o novo líder da instituição financeira. 

Mercadante falou sobre o papel do banco de apoiar pré e pós embarque das exportações de bens e produtos. "Estamos desenvolvendo um projeto para a execução de um 'Eximbank'". Na prática, isso significa a criação de um banco focado em fomentar exportação, buscando retomar o financiamento de empresas brasileiras no exterior.

Para o fortalecimento do Brasil no mercado, Mercadante defendeu a intensificação da parceria com países vizinhos. "Nosso desenvolvimento passa, necessariamente, pela integração da América Latina e parceria com países do sul global", completou. Estiveram presentes na cerimônia o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o vice Geraldo Alckmin (PSB), a primeira-dama, Rosângela da Silva, a Janja, e a ex-presidente Dilma Rousseff.


Azeite gaúcho é destaque global

Agroindústria de Viamão recebe no Japão título de melhor blend, entre outros prêmios

Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895