Portaria disciplina exploração comercial de espaços em aeroportos do PND e PPI
capa

Portaria disciplina exploração comercial de espaços em aeroportos do PND e PPI

Ato administrativo foi publicado no Diário Oficial da União nesta segunda

Por
AE

Portaria publicada hoje aborda exploração comercial em aeroportos

publicidade

Portaria do Ministério da Infraestrutura, publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, disciplina a celebração, prorrogação, renovação e o aditamento dos contratos de exploração comercial que envolvam a utilização de espaços no complexo aeroportuário nos aeroportos incluídos no Plano Nacional de Desestatização (PND) ou qualificados para parcerias no Programa de Parcerias e Investimentos (PPI).

Segundo a Portaria, nos aeroportos que ainda não tiveram contrato de concessão assinado, a celebração, prorrogação, renovação e o aditamento de contratos de exploração comercial em espaços do complexo aeroportuário deverão ter prazo igual ou inferior a 36 meses, podendo ser prorrogados pelo mesmo período até que se assine o contrato de concessão para o respectivo aeroporto.

No caso dos aeroportos concedidos a operadores privados, a concessionária poderá obter receitas não tarifárias em razão da exploração de atividades econômicas acessórias, diretamente ou mediante a contratação de terceiros. Os contratos de exploração comercial que extrapolarem o período de concessão deverão ser submetidos à autorização prévia do Ministério da Infraestrutura.