Receita multa 175 empresas que não recolheram imposto de renda no Rio Grande do Sul

Receita multa 175 empresas que não recolheram imposto de renda no Rio Grande do Sul

Segundo a Receita Federal, as autuações resultaram na arrecadação de R$ 8,8 milhões

Aristoteles Junior / Rádio Guaíba

Em todo o país, 3,9 mil foram flagradas pelo fisco, resultando no recolhimento de R$ 259,2 milhões

publicidade

Ao menos 175 empresas gaúchas foram autuadas por não recolherem o imposto de renda retido na fonte (IRRF), relativo ao ano-calendário de 2016. Segundo a Receita Federal, as multas aplicadas no Rio Grande do Sul somam R$ 8,8 milhões. Em todo o país, 3,9 mil companhias foram flagradas pelo fisco, resultando no recolhimento de R$ 259,2 milhões.

As autuações ocorreram após o sistema de malhas fiscais da Receita alertar 25,3 mil contribuintes, por meio de carta, sobre a existência de irregularidades no recolhimento do IRRF. No aviso, os contribuintes foram orientados a promover a autorregularização, mediante a retificação de suas declarações.

Os indícios de inconsistências foram constatados a partir do cruzamento de informações eletrônicas fornecidas pelos próprios contribuintes. Foram comparados valores constantes na Escrituração Contábil Fiscal (ECF), Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF) ou Declaração de Compensação (DCOMP), conforme o caso.

Nessa primeira fase, a grande maioria dos contribuintes regularizou suas pendências, verificando-se uma recuperação de créditos tributários no valor de R$ 175,6 milhões em todo o Brasil. Aqueles que não sanaram espontaneamente as irregularidades verificadas no batimento de declarações foram agora multados.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895