Tecnologia é grande aliada do setor imobiliário na pandemia

Tecnologia é grande aliada do setor imobiliário na pandemia

Empresas têm adaptado serviços e investido em plataformas digitais para atender a demanda

publicidade

Com um 2020 pautado pelas relações virtuais, em razão dos protocolos de distanciamento social, o setor imobiliário teve que se reinventar e o uso da tecnologia foi a saída. Muitas imobiliárias aderiram à assinatura eletrônica e visitas online, porém esta adaptação não foi regra, afinal algumas empresas já eram habituadas a incluir o digital e agilizar processos e funcionalidades. É o caso da Trend Investimentos, plataforma gaúcha, que recentemente investiu em um empreendimento voltado para a mescla entre tecnologia e sustentabilidade.

O Studio Trend é o primeiro residencial em aço do milênio na capital gaúcha e, apesar de possuir este diferencial em seu material de construção, vai além: o primeiro contato do cliente com o empreendimento é uma visita por meio de visitas em realidade virtual. É possível visitar todos os espaços através de simulação, incluindo a própria moradia, que já vem com uma opção de decoração. Os demais ambientes do prédio, como as áreas de coworking e salas de reunião, têm planejamento via aplicativo, onde é possível agendar horários, verificar disponibilidades e tempo médio de uso.

A tecnologia também aparece quando se fala em eletricidade, que é gerada por uma microturbina do próprio condomínio. Quando há produção excedente, a energia é liberada na rede e passa a ser crédito do prédio, podendo ser utilizada quando o pico de energia for maior que a produção - o que gera economia para os investidores. “O Studio Trend traz o conceito HTML (high tech millennial lifestyle). É para falar com o público moderno, funcional, que sai de casa e vai trabalhar apenas entrando em um elevador, e que não se preocupa com o trânsito”, comenta o CEO da Trend, Rafael Severo.

Fora da curva

Recentemente, com as restrições sociais no Rio Grande do Sul em virtude da bandeira vermelha, outras empresas precisaram adaptar-se à tecnologia para atender a demanda por imóveis na capital. A One Imóveis de Luxo, por exemplo, passou a realizar visitas por videochamada. O corretor vai até o imóvel, seguindo todas as recomendações de segurança, enquanto o cliente acompanha a visita por smartphone ou computador.

Contudo, isso não é novidade para a One. Em 2016 e 2017, a imobiliária de luxo já havia sido reconhecida como a empresa com melhores recursos tecnológicos e melhor aplicativo imobiliário do Brasil, pelo prêmio Viva Real. Além disso, foi uma das primeiras no estado a implantar o processo de assinatura digital, onde o cliente não precisa ir até a empresa para firmar contrato e utiliza um aplicativo para dar andamento na negociação.

 


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895