Ônibus da Linha Turismo de Porto Alegre vai recolher doações para Campanha do Agasalho
capa

Ônibus da Linha Turismo de Porto Alegre vai recolher doações para Campanha do Agasalho

O drive-thru móvel circulará toda quarta-feira das 14h às 17h e contará com a participação e apresentações de cantores e de integrantes da Banda Municipal

Por
Felipe Samuel

O objetivo é coletar doações em 22 bairros da Capital


publicidade

Com parte das atividades da Campanha do Agasalho, a prefeitura inaugurou nesta quarta-feira o roteiro do drive-thru musical para as campanhas do Agasalho e Adote Uma Comunidade. O ônibus da Linha Turismo, que interrompeu serviço em função da pandemia, vai percorrer cinco itinerários, às quartas-feiras, em busca de doações de roupas e alimentos não perecíveis. O objetivo é coletar doações em 22 bairros da Capital. Com direito a DJ e apoio de simpatizantes, o prefeito Nelson Marchezan Júnior e a primeira-dama Tainá Vidal participaram de ato no Largo Glênio Peres, de onde o veículo saiu para o primeiro dia de coleta.

O drive-thru móvel circulará toda quarta-feira das 14h às 17h e contará com a participação e apresentações de cantores e de integrantes da Banda Municipal. Após trocar com o DJ Capu e observar a apresentação da cantora e violonista Julia Reis, o prefeito afirmou que é preciso intensificar e inovar a campanha por conta da pandemia da Covid-19. A ideia de utilizar o veículo é justamente chamar atenção da população e mostrar que as pessoas podem doar sem precisar sair de casa. "A ideia do ônibus de turismo, que estava desativado em função da pandemia, é para que seja transmissor da alegria, da beleza, da música, e que sirva para anunciar que ele está passando e que as pessoas não precisam se deslocar para fazer a doação, mas que saiam da frente da sua casa para botar dentro do ônibus", afirma.

A primeira-dama Tainá Vidal explica que as roupas serão distribuídas a partir de um cadastro da Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc). "Mais do que nunca hoje nós precisamos de doações. A vulnerabilidade social infelizmente aumentou em função da pandemia e ao mesmo tempo temos que mostrar que aumenta a nossa solidariedade, nossa união e nossa força. O gesto de ter músicos cantando de diversos segmentos é uma forma singela de agradecer pela gentileza de separarem roupa com carinho", frisa. Após a coleta, os itens ficam num período de quarentena para depois serem distribuídos.


O primeiro roteiro incluiu quatro pontos de coleta: Mercado Público; rua dos Andradas; avenida Erico Verissimo, e avenida Getúlio Vargas. As apresentações musicais ocorrem na parte superior do ônibus em todas as paradas dos roteiros. De acordo com a prefeitura, desde início da Campanha do Agasalho, em 30 de abril, foram arrecadadas mais de 160 mil peças de roupas, das quais 32,6 mil já foram entregues a mais de 11 mil pessoas beneficiadas por 37 instituições sociais da Capital.