Agência de turismo da ONU pede harmonização em protocolos de viagem

Agência de turismo da ONU pede harmonização em protocolos de viagem

Organização adverte também a perda de "milhões de postos de emprego" no setor

AFP

Declaração pede também a criação de corredores aéreos "para facilitar as viagens de turismo e negócios"

publicidade

A Organização Mundial do Turismo (OMT) pediu nesta segunda-feira uma harmonização dos controles sanitários entre os países e a criação de corredores aéreos diante da pandemia de Covid-19. A solicitação foi feita ao término de uma coletiva internacional do setor na Espanha.

"Pedimos a adoção de protocolos internacionais para os exames de Covid-19 antes da saída e a aceitação dos resultados na chega ao destino", afirmou esta agência das Nações Unidas em uma declaração conjunta com o Conselho Mundial de Viagens e Turismo e o ministério espanhol de Turismo.

O texto foi aprovado no final da cúpula organizada pelo governo espanhol em Las Palmas, a principal cidade turística do arquipélago das Canárias, para analisar como retomar o setor que foi duramente atingido pela pandemia. Segundo o governo espanhol, a conferência reuniu os responsáveis pelo turismo de mais de 95 países, assim como uma centena de empresas, em sua maioria de forma virtual.

A declaração final pede também que "desenvolvam corredores (...) para facilitar as viagens de turismo e negócios entre países ou cidades com situações epidemiológicas similares".

Veja Também

O comunicado adverte que "é provável que se percam dezenas de milhões de postos de emprego" no setor até que esteja disponível de forma ampla vacinas ou tratamentos médicos específicos contra o vírus. O comunicado instrui também "a implementação de um padrão internacional de rastreamento de contatos que compreenda os dados do viajante", mesmo que respeitando seu caráter confidencial.

A pandemia fez cair 70% das viagens de turistas internacionais no mundo durante os oito primeiros meses de 2020 em relação ao mesmo período de 2019, segundo a OMT, que tem sua sede central em Madri, na Espanha.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895