Amazônia tem desmatamento maior para mês de abril desde 2016, diz Inpe

Amazônia tem desmatamento maior para mês de abril desde 2016, diz Inpe

Dados mostram 580,55 km² de área desmatada, aumento de 42,5% em relação a abril do ano passado

R7

A alta na comparação com o mesmo mês do ano passado é de 42,5%, de acordo com os dados do sistema Deter, do Inpe

publicidade

A Amazônia teve o maior índice de desmatamento para o mês de abril desde o início da série histórica da medição de dados pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), que começou em 2016. O desmatamento registrado até a última aferição, em 29 de abril, aponta 580,55 km² de desmatamento, superando o índice de abril de 2020, quando foram registrados 407,2 km² de área desmatada.

A alta na comparação com o mesmo mês do ano passado é de 42,5%, de acordo com os dados do sistema Deter (Detecção de Desmatamento em Tempo Real), do Inpe.

Foi o segundo mês seguido de recorde de desmatamento na Amazônia. Em março foram registrados 367,61 km² de área desmata, o maior para o mês em cinco anos.

• Desmatamento na Amazônia

- abril/2021 - 580,55 km²
- abril/2020 - 407,2 km²
- abril/2019 - 247,39 km²
- abril/2018 - 489,52 km²
- abril/2017 - 126,85 km²
- abril/2016 - 439,92 km²

- janeiro a abril/2021 - 1.156,70 km²
- janeiro a abril/2020 - 1.204,15 km²
- janeiro a abril/2019 - 773,08 km²
- janeiro a abril/2018 - 1.175,00 km²
- janeiro a abril/2017 - 360,49 km²
- janeiro a abril/2016 - 1.083,75 km²

No acumulado do ano, de janeiro a abril, a Amazônia registrou 1.156,70 km² de desmatamento entre 1 e 19 de abril. O maior índice da série histórica ainda é o de 2020, com 1.204,15 km² nesse período.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895