Anvisa interdita lote de medicamento indicado para hipertensão
capa

Anvisa interdita lote de medicamento indicado para hipertensão

Laudo mostrou que um dos componentes da medicação estava fora do padrão

Por
Agência Brasil

publicidade

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a interdição cautelar do Lote n° L627883 do medicamento Captopril 25mg comprimidos, em todo o território nacional. A medida foi publicada em uma resolução, com validade de 90 dias, no Diário Oficial da União desta segunda-feira. O medicamento é indicado para hipertensão, insuficiência cardíaca congestiva, infarto do miocárdio e nefropatia diabética.

De acordo com a assessoria de comunicação da Anvisa, um dos componentes do medicamento estava fora do padrão. A agência explica que a interdição é preventiva e que, enquanto durar, a empresa pode pedir a realização de contraprova para que o resultado seja verificado. Conforme o texto da resolução, laudo emitido pela Fundação Ezequiel Dias, de Minas Gerais, reportou "resultado insatisfatório de teor e limite de dissulfeto de captopril".

Procurada pela Agência Brasil, a empresa EMS, fabricante do medicamento, disse que solicitou a análise de contraprova e que "aguarda a convocação da Vigilância Sanitária de Minas Gerais e Funed para a realização desta análise". A nota ainda relata que a empresa está à disposição dos consumidores que tenham alguma dúvida. "A empresa ressalta que mantém os mais rigorosos padrões de qualidade de seus medicamentos e está à disposição dos consumidores que tiverem eventuais dúvidas por meio do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), pelos telefones 0800-191914 / 0800-191222, de segunda a sexta-feira das 9h às 17h", diz a nota.