Bancários fazem greve a partir da próxima terça na Capital e região Metropolitana
capa

Bancários fazem greve a partir da próxima terça na Capital e região Metropolitana

Fenaban propôs reajuste de 5,5%, frente a uma inflação de 9,88%

Por
Samuel Vettori / Rádio Guaíba

Assembleia foi realizada nesta quarta-feira no hotel Embaixador, em Porto Alegre

publicidade

Bancários de Porto Alegre e Região Metropolitana entrarão em greve por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira. Um dia antes, eles se reúnem em assembleia para definir as ações da paralisação, o que não vai interferir no trabalho, nas agências. Não vai haver expediente em bancos, de acordo com o sindicato, a partir do dia 6. A decisão foi tomada no início da noite desta quarta-feira.

O sindicato que representa a categoria deflagra greves desde 2003 durante as negociações pelo reajuste salarial. Neste ano, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) propôs reajuste de 5,5%, frente a uma inflação de 9,88%. Os trabalhadores pedem 16%.

Além do reajuste, os funcionários querem um piso de R$ 3.299,66, Plano de Lucros e Resultados de três salários e R$ 7.246,82, além de melhores condições de trabalho, entre outros itens.

O SindiBancários representa cerca de 20 cidades da região metropolitana, inclusive a Capital. As demais assembleias dos sindicatos com representatividade em outros municípios ocorrem de quinta-feira até o dia 5.